O Brasil está mesmo completamente irracional. Ontem à noite, o filho de Roberto Jefferson pedindo ajuda na rede social para tirar seu pai da UPA de Bangu. Isso é cruel demais!

O jurista Ives Gandra Martins, em entrevista à jornalista Leda Nagle,  afirma que o STF está praticando ativismo judicial, o que não é previsto na Constituição. Afirma ainda, que pela Constituição, NENHUM poder é superior ao outro e que o STF não pode jamais legislar! A extrapolação de competência é perigosa.

Temos um STF que não aceita que nenhum de seus ministros seja investigado (mesmo quando há fortes indícios e até delação) e persegue publicamente conservadores.

Temos um presidente nacional de partido político preso num inquérito sem pé nem cabeça e um deputado federal que já deveria estar solto desde que pagou uma fiança de R$100 mil. Isso, além do jornalista Oswaldo Eustáquio, que foi preso indevidamente e que ficou numa cadeira de rodas.

Que loucura é essa protagonizada por supremos ministros que rasgam a Constituição para censurar e perseguir seus críticos?

Enquanto isso, o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal, ignora pedidos de impeachment de ministros do STF. Ou seja: entre Judiciário e Legislativo, o jogo parece estar devidamente combinado para que ninguém puna ninguém.

Donnysilva