17jul/120

Agente da PF é morto a tiros dentro de cemitério em Brasília

Vítima estava visitando sepultura e foi baleada duas vezes na nuca. Autor de disparos teria fugido em carro que pertence ao filho da vítima.

 Do G1 DF

 Um agente da Polícia Federal foi baleado nesta terça-feira (17) dentro do cemitério do Campo da Esperança, na quadra 716 Sul, em Brasília. Conforme informações preliminares da Polícia Militar. Wilton Tapajós Macedo estava visitando o túmulo dos pais quando foi atingido por dois tiros na nuca.A PF informou que Macedo estava armado, mas não chegou a reagir. Ele morreu no local. Segundo presidente do Sindicato dos Policiais Federais do DF, Jones Borges Leal, Macedo estava na PF desde 1987.

Leal disse que o crime pode ter sido um caso de latrocínio, mas não descartou queima de arquivo. O assassino levou o carro que estava com o policial, um Gol branco que era do filho de Macedo. A arma que o policial portava – uma Glock 9 milímetros – não foi roubada.

saiba mais

O disse que o agente assassinado já tinha passado pelos serviços de proteção a testemunhas da PF e de repressão a entorpecentes.

A assessoria da empresa Campo da Esperança informou que um jardineiro que trabalha no local viu o crime e informou a direção, que acionou a polícia.  Até as 17h, o corpo estava no local para a realização de perícia.

A empresa responsável pelo cemitério informou que a entrada no Campo da Esperança não é controlada.