6out/210

Brazlândia: Com as novas regras eleitorais a cidade deverá ter poucos candidatos

Com o novo cenário já tem grupo político de fora comemorando o número reduzido de candidatos em Brazlândia

A nova regra eleitoral aprovada pela Câmara Federal e Senado deverá apresentar uma reanálise do processo de escolha dos futuros candidatos as casas legislativas.

Com o fim das coligações os partidos se vêem obrigados a realizar um processo seletivo para não correr o risco de não atingirem o coeficiente eleitoral. As principais lideranças partidárias do DF já iniciaram uma verdadeira "caçada" nas regiões administrativas com a proposta de arregimentar para suas legendas nomes que possam somar inicialmente a casa dos mil votos ou próximo disso.

A relação inicial para análise dos partidos começa por nomes que já disputaram a eleição de 2018 e que tenham atingido os quatro dígitos enquanto a segunda vertente será pela a buscar de nomes que demonstrem densidade eleitoral nas cidade, mesmo não tendo participado de nenhum pleito eleitoral.

Em Brazlândia as novas regras eleitorais deverá sepultar automaticamente de três a quatro pré-candidaturas dos chamados candidatos nanicos e sem expressão de voto.

Os analistas de plantão da cidade acreditam que a cidade de Brazlândia deverá ter no máximo cinco candidatos a distrital e um a federal.

Façam suas apostas!

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn