28jun/120

Brunelli X9?

 

Durante sua prisão na operação Hofini, da Polícia Civil, o ex-distrital nacionalmente famoso pela oração da propina ameaçou entregar os amigos do mensalão do DEM; Brunelli ficou nove dias detido na Polícia Civil por desvio de emendas.

O ex-deputado Júnior Brunelli não gostou dos nove dias que passou preso na Polícia Civil. Segundo informações da coluna de Lauro Jardim, o político ameaçou entregar todos os amigos dentro da prisão. Confira a nota do Radar: Preso, deputado da oração da propina ameaçou "explodir e entregar todo mundo" do mensalão do DEM.

Conhecido por ter misturado religião e corrupção na hoje famosa oração da propina, o ex-deputado distrital Júnior Brunelli passou nove dias preso e quase enlouqueceu.

Em um momento de pânico, Brunelli gritou para quem quisesse ouvir que não iria pagar sozinho pelo escândalo do mensalão do DEM de Brasília:

– Se acham que vão me fazer pagar por isso sozinho, estão muito enganados. Se continuar assim, vou explodir e entregar todo mundo.

O recado de Brunelli deu resultado. Ele não só teve uma passagem relâmpago pela cadeia como ficou hospedado na Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil do Distrito Federal. A "cela" era, na verdade, uma confortável sala de 100 metros quadrados com TV e até micro-ondas.

 

fonte: Palanque Capital