24jun/220

Reguffe lança pré-candidatura ao governo e diz que não disputará a reeleição

ANA MARIA CAMPOS

Em pronunciamento de sete minutos, o senador José Antônio Reguffe (União-DF) anunciou hoje (24) que será candidato ao Governo do Distrito Federal. Ele se comprometeu a fazer uma gestão com foco na saúde e na geração de empregos e, em nome de um pacto para Brasília, não concorrerá à reeleição caso seja vitorioso em outubro.

Reguffe fez um balanço de sua trajetória política. Disse que disputou três eleições até conquistar o primeiro mandato de deputado distrital, em 2006. Mas teve a aprovação a ponto de, em 2010, ser o deputado federal mais votado do DF e proporcionalmente o mais votado no país.

Quatro anos depois conquistou o mandato de senador, com mais votos que todos os outros sete candidatos juntos. “Agora eu devo à população do Distrito Federal uma candidatura a governador. Talvez não fosse o caminho mais cômodo ou confortável para mim, mas eu devo à população essa candidatura”, disse Reguffe.

Entre os compromissos, prometeu fazer mutirões para cirurgias na rede pública de saúde. “Nós temos hospitais, como o Base, que tem 16 centros cirúrgicos. Vocês sabem quantos funcionam na madrugada? Só dois para urgência. Vocês sabem quantos funcionam nos finais de semana? Só dois para urgência. Ficam 14 ociosos, vazios. Nós temos que marcar cirurgia eletiva uma da manhã, duas da manhã, três da manhã, quatro da manhã, cinco da manhã, seis da manhã. Fazer mutirão de cirurgias”, afirmou.

Reguffe defendeu uma alternativa de governo no DF, mantendo o que há de bom e mudando o que está ruim. “Nós precisamos oferecer ao Distrito Federal uma nova alternativa, uma alternativa que continue as coisas que estiverem boas. Tem muitas coisas boas também que precisam ser continuadas. E que mude as coisas que não estiverem boas. Uma candidatura que não se preocupe com reeleição”.

Na mensagem, Reguffe sinalizou para os partidos que não governará com perseguições e abrirá espaço para outros grupos que desejarem disputar o governo em 2026. “Assumo aqui o compromisso de não ser candidato à reeleição para que tenha um governo de quatro anos que una a cidade, que faça dar certo. Nós precisamos ter um governo que dê certo. Não serei adversário de ninguém daqui a quatro anos”.

 

 

24jun/220

Metrópoles/Ideia: Conheça os nomes apontados pelos eleitores do DF para deputado distrital

Treze dos 24 atuais deputados distritais foram citados pelos eleitores, quando questionados em quem votariam nas eleições

Fotografia colorida mostra, do alto, plenário legislativoRafaela Felicciano/Metrópoles

Os eleitores do Distrito Federal citaram 49 nomes quando questionados em quem votariam para deputado distrital, caso as eleições fossem hoje, segundo a pesquisa Metrópoles/Ideia divulgada nesta sexta-feira (24/6). Mas é grande o percentual de cidadãos que disseram não saber em quem votar: 66,8%.

A pesquisa é espontânea, ou seja, os entrevistados citam o nome de quem votariam, sem que as opções sejam previamente exibidas.

A diferença de pontuação é apertada. Professora Deusinha tem 1,4% das intenções de voto e aparece em primeiro lugar. Logo atrás, estão Erika Kokay (PT), com 1,1%, seguida de Bia Kicis (PL) e Milena Câmara (PP), indicadas por 1% do eleitorado.

Entre os atuais 24 deputados distritais, 13 foram indicados pelos eleitores. São eles: Delegado Fernando Fernandes (Pros), Martins Machado (Republicanos), Fábio Felix (PSol), João Cardoso (Avante), Robério Negreiros (PSD), Roosevelt Vilela (PL), Reginaldo Veras (PV), Claudio Abrantes (PSD), Iolando (MDB), José Gomes (PP), Leandro Grass (PV), Agaciel Maia (PL) e Jorge Vianna (PSD).

No total, 11,4% dos eleitores responderam que vão votar branco ou nulo. E 1,1% citou outros nomes.

Veja o resultado:

 

Pesquisa

Metrópoles divulgará uma série de pesquisas eleitorais encomendadas pelo portal ao Instituto Ideia. Os levantamentos para aferir a preferência do eleitorado brasiliense serão publicados até a véspera do segundo turno.

Foram entrevistadas 1.200 pessoas na faixa etária de 16 anos ou mais, com Título de Eleitor, em todas as regiões administrativas do Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de junho.

A pesquisa quantitativa foi realizada com aplicação de questionário estruturado, por meio de inquérito telefônico, com plano amostral e ponderação quanto a sexo, idade, grau de instrução e nível econômico do entrevistado.

A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

Metrópoles

24jun/220

Metrópoles divulga pesquisa com Iolando como primeiro do MDB para distrital

Iolando Almeida

A pesquisa para distrital anima o distrital Iolando que buscará a reeleição

O partido do governador Ibaneis Rocha tem ampla chances de eleger pelo menos três deputados distritais com chances de alcançar um quarto nome dependendo das ações do atual comandante do GDF.

Na mais recente pesquisa Metrópoles/ Ideia divulgada nessa quinta-feira (24) o distrital Iolando lidera na intenção de voto para distrital entre os pré-candidatos do MDB.

O parlamentar Iolando que representa a pessoa com deficiência foi o mais citado entre os nomes do MDB e único lembrado da cidade de Brazlândia.

Ao aparecer como um dos nomes mais fortes do DF, Iolando, acredita que a defesa da pessoa com deficiência na Câmara Legislativa precisa continuar;" Fico feliz que Brasília tem reconhecido o nosso trabalho nas mais recentes pesquisas. Continuaremos nosso trabalho na defesa da pessoa com deficiência e de todos os moradores do DF", disse Iolando ao grupo.

De Brazlândia só Iolando foi lembrado

A pesquisa Metrópoles/ Ideia apresentou um resultado interessante para a pacata cidade de Brazlândia.

Dentre todos os nomes citados na intenção de voto espontânea,  somente o distrital Iolando foi lembrado pelo o eleitorado e surge como o único nome da cidade de Brazlândia com chances reais de eleição em outubro próximo.

Redação

INFORMAÇÕES METRÓPOLES

A pesquisa é espontânea, ou seja, os entrevistados citam o nome de quem votariam, sem que as opções sejam previamente exibidas.

Veja o resultado:

 

Pesquisa

Metrópoles divulgará uma série de pesquisas eleitorais encomendadas pelo portal ao Instituto Ideia. Os levantamentos para aferir a preferência do eleitorado brasiliense serão publicados até a véspera do segundo turno.

Foram entrevistadas 1.200 pessoas na faixa etária de 16 anos ou mais, com Título de Eleitor, em todas as regiões administrativas do Distrito Federal, entre os dias 16 e 21 de junho.

 

21jun/220

LUTO: Brazlândia perde Sinvaldo

A cidade de Brazlândia perdeu na noite dessa terça-feira vítima da covid o líder comunitário da pessoa com deficiência Sinval.

O lider comunitário Sinval nao resistiu seguidas paradas cardíacas e faleceu no hospital de Brazlândia antes de ser transferido para o hospital Home para onde seria transferido para uma UTI.

O blogdogbu lamenta essa grande perca.

Redação

 

21jun/220

Eleições: Escandalo e denuncias deverá mexer o tabuleiro no DF

As especulações já estão tomando de conta dos corredores políticos do DF e operações poderá levar personagens políticos para o cárcere e assim sepultar projetos políticos e sonhos de poder.

Segundo apurou o blogdogbu tem figura politica no DF que anda tomando tranquilizante para dormir e acordando de madrugada assustado com a possível visita surpresa dos homens da lei.

Nesses cem dias para a eleição vai ter gente arrependido de suas ações e pagando um preço alto por suas aventuras.

É esperar para ver...

Redação

 

21jun/220

Empresário Tatico é preso por fraudar escrituras de fazendas no DF e Goiás

Procurações falsas produzidas pelos criminosos resultaram na transferência de imóveis de aproximadamente R$ 10 milhões. Operação prendeu oito pessoas na manhã desta terça-feira

 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

Um esquema criminoso que envolvia empresários, advogados e tabeliães de cartórios foi desarticulado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), na manhã desta terça-feira (21/6), com a prisão de oito suspeitos e o cumprimento de 11 mandados de busca e apreensão. De acordo com investigação liderada pelos agentes da Coordenação de Repressão aos Crimes contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraudes (Corf), os criminosos atuavam em diversas regiões de Goiás e da capital do país.

Um dos empresários é José Fuscaldi Cesílio, o Tatico. O grupo agia desde 2014, utilizando as procurações falsas nos cartórios com o objetivo de se tornarem proprietários de grandes fazendas do estado goiano. A operação de hoje é a segunda fase da investigação Looping, que começou a ser desenvolvida em janeiro deste ano.

O delegado responsável pelo caso, Wisllei Salomão, explica que a polícia começou a investigar o grupo “quando um antigo tabelião de Limeira, cidade de Minas Gerais, produziu uma procuração falsa para se apossar de terra pública no DF”. A certidão falsa invadia uma expressiva área pública da Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap), dada como garantia de um empréstimo.

A polícia afirma que o tabelião investigado já havia sido afastado por irregularidades em 2015, por ter produzido outra procuração falsa e a usado em 2016, em um cartório do DF, para transferir uma segunda fazenda, localizada em Mimoso (GO), pertencente a um espólio e avaliada em aproximadamente R$ 10 milhões. As investigações apontam, também, que o mesmo grupo emitiu uma terceira procuração, com uso de documento falsos, em Dom Bosco (MG), para conseguir a escritura de compra e venda de uma  fazenda também localizada em Mimoso (GO), avaliada, desta vez, em R$ 15 milhões.

“Os integrantes do grupo criminoso se aproveitaram do grave estado de saúde dos verdadeiros proprietários desses imóveis, que eram idosos”, explica o delegado. A associação criminosa era composto por empresários, o CEO de um escritório de advocacia, o antigo tabelião do cartório de Limeira (MG) e um tabelião titular do cartório de notas e registro de imóveis de Mimoso (GO). “O tabelião de Mimoso acumula, ilegalmente, o cargo de servidor público federal no DF. Todos eles responderão pelos crimes de falsidade ideológica, falsificação de documentos, uso de documentos falsos, esbulho possessório e associação criminosa”, destaca o coordenadora da Corf, Wisllei Salomão.

Mandados

Os mandados de prisão temporária e busca e apreensão foram expedidos pelos juízes criminais de Taguatinga, Gama, Lago Sul, Águas Claras, Setor de Indústrias Gráficas, Vicente Pires e Guará. Nas cidades de Goiás, houve expedição em Goiânia, Padre Bernardo, Mimoso e Águas Lindas.

O outro lado

Por meio de nota, o advogado Frederico Sardinha Ferreira Chaves, responsável pela defesa do empresário Tatico, informou que as acusações não condizem com a realidade "tendo em vista que o empresário (também idoso) e seu filho também foram vítimas da quadrilha que gerou essa operação." Leia a íntegra da nota.

"No tocante à denúncia veiculada na imprensa na data de hoje (21/06/22), cumpre esclarecer que não se trata da realidade, tendo em vista que o empresário (também idoso) e seu filho também foram vítimas da quadrilha que gerou essa operação.

Esclarecemos que a fazenda mencionada, foi adquirida legalmente de boa-fé, tendo sido pagas dentro do cartório, e transferidas e registrada no ato; sendo que esses documentos gozam de presunção de autenticidade, e, portanto, não foi possível verificar a fraude praticada pelos reais responsáveis pela prática irregular.

Ressalta-se que a presente operação busca apenas a prestação de esclarecimentos sobre a investigação, e que estão a disposição para contribuir com as autoridades competentes e demonstrar a realidade dos fatos. Cumpre mencionar quanto aos fatos, não há nenhuma ligação com o exercício de suas atividades empresárias. Sem mais para o momento.

CorreioWeb

16jun/220

Flávia Arruda lidera votos ao Senado em todos os cenários

 

 

Flávia Arruda lidera votos ao Senado em todos os cenários

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) é a primeira colocada ao Senado, de acordo com o jornal Correio Braziliense. A pesquisa divulgada nesta quinta-feira (16) revela que a ex-ministra possui 36,9% das intenções de votos dos eleitores do DF.

Nos três cenários traçados pela pesquisa, Flávia Arruda vence com folga em todos. A ex-ministra Damares Alves, que recentemente mudou o domicílio eleitoral para o DF, aparece em segundo lugar com apenas 10,1%, seguida de Rosilene Corrêa (PT) com 6,3%.

Em outros dois cenários divulgados, Flávia Arruda segue na liderança com 34% e 31,3% das intenções de fotos.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Opinião Pública entre 9 e 11 de junho e foi registrada na Justiça Eleitoral, com o número DF-05367/2022.

15jun/220

Cúmplice mostra à Polícia Federal onde ajudou a enterrar Dom e Bruno

De acordo com o site BNC, polícia detalhará desfecho em coletiva

Bruno Pereira e Dom Phillips. Fotos: Divulgação/Funai e Reprodução Twitter
Bruno Pereira, indigenista, e Dom Phillips, jornalista britânico.

Confirmando informações antecipadas pelo site BNC (Brasil Norte Comunicação) e reproduzidas no Diário do Poder às 11h13 desta quarta-feira (15), um dos cúmplices do assassinato do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Pereira levou agentes da Polícia Federal ao local onde ajudou a enterrar os corpos das vítimas.

Os suspeitos do duplo homicídio são Oseney da Costa de Oliveira, o “Dos Santos”, de 41 anos, preso nesta terça (14) e seu irmão de Amarildo da Costa Pereira, o “Pelado”, preso quinta-feira (9).

A PF não informou qual dos dois levou os policiais ao local onde os corpos foram enterrados. O preso foi filmado usando máscara, boné e capuz, quando colocados em uma embarcação.

Site BNC, que publicou a notícia em primeira mão.

Domingo (12), bombeiros encontraram uma série de pertences dos dois desaparecidos.

Segundo a PF, os itens encontrados foram: um cartão de saúde, uma calça preta, um chinelo preto e um par de botas pertencentes a Bruno e um par de botas de Dom.

Na sexta-feira (10), a PF informou que equipes de busca encontraram material orgânico, “aparentemente humano”, em uma área próxima ao porto de Atalaia do Norte.

Ainda não há informação se a amostra recolhida tem alguma relação com o desaparecimento de Dom Phillips e de Bruno Pereira.

Diário do Poder

15jun/220

Brazlândia: 68% acha que Iolando poderá ser reeleito em 2022

Iolando ao centro

O distrital Iolando Almeida que fez um mandato voltado a pessoa com deficiência e deu atenção diferenciada a cidade de Brazlândia, deve está com o sentimento de dever cumprido.

Na mais recente pesquisa o parlamentar do MDB surge com chances reais de reeleição e ainda alcança um patamar de 68% de análise positiva ao seu mandato dentro de sua base eleitoral.

A maioria da comunidade reconhece o trabalho de Iolando por Brazlândia e em sua ampla maioria o distrital poderá ser reeleito para a câmara legislativa esse ano.

Redação

14jun/220

72% aprovam festividades do aniversário de Brazlândia

 

As pesquisas de opinião mostraram que a administração da cidade de Brazlândia acertou ao realizar nesse período de pós- pandemia  as festividades para a população.

O evento das festividades foram acompanhados por órgãos fiscalizadores e obededeceram todos os critérios técnicos da lei atual e além de movimentarem a economia movimentou a cidade.

Dos entrevistados 72% aprovaram as festividades dos 89 anos da linda cidade de Brazlândia.

Redação

14jun/220

Eleições: Ibaneis acredita que MDB fará 4 distritais em outubro e Rafael Prudente federal

O clima nos corredores do poder palaciano vem mostrando um chefe do executivo entusiasmado com o futuro cenário que se aproxima. Além de desfilar como líder em todas as pesquisas para o GDF.

Segundo os bastidores Ibaneis Rocha recebeu uma pesquisa de consumo interno que mostra o MDB com chances reais de eleger o atual presidente da Câmara Legislativa,  Rafael Prudente, para federal e com amplas chances de fazer uma bancada de até quatro deputados distritais.

Em resumo Ibaneis Rocha tá fazendo a lição direitinho das velhas raposas. Pode fazer boa bancada, eleger Flávia  Arruda Senadora e ainda repetir a chapa com Pacco Brito ou Celina Leão.

Redação

14jun/220

Eleições: Briga de gigantes no PSD, quem vai ficar de fora?

Quatro nomes disputarão duas cadeiras na legenda do PSD em 2022

A briga no PSD deverá ficar acirrada quando o assunto for uma cadeira na câmara legislativa esse ano. Dos atuais adversários de momento certamente serão duas vagas para quatro fortes candidatos.

O filho do presidente do PSD, André Octávio, Robério Negreiros, Jorge Viana e Cláudio  Abrantes disputarão de forma palmo a palmo quem ocupará as duas cadeiras que a legenda deverá alcançar nessas eleições.

Os mais otimistas acreditam que Jorge Viana será o puxador de votos da legenda, mas não se pode negar a força do distrital Roberio Negreiros embora os mais observadores apostam que Cláudio  Abrantes será sem dúvida o mais votado da legenda esse ano.

Nesse mar vai ter tubarão de fora...

Redação