2jun/120

Cerca de 2,3 mil candidatos faltam ao primeiro dia do vestibular da UnB

Índice de abstenção foi de 11,2%, segundo Cespe. Gabaritos oficiais preliminares saem na próxima quarta-feira (6).

 Do G1 DF
 
 No primeiro dia do vestibular da Universidade de Brasília, neste sábado (2), o índice de abstenção foi de 11,2%, informou o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cespe). Dos 21.368 inscritos, mais de 2,3 mil não compareceram aos locais de exame. É o segundo vestibular da universidade em 2012. As provas serão retomadas neste domingo (3).

Cadeiras vazias durante aplicação das provas em uma escola de Brasília (Foto: G1/DF)Cadeiras vazias durante aplicação das provas em uma escola de Brasília (Foto: G1 DF)

Os candidatos poderão conferir os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas na próxima quarta-feira (6), na página do Cespe. O período para interposição de recursos ocorre entre 7 e 8 de junho. A previsão é que a nota provisória da redação seja divulgada no dia 28 de junho. Segundo o Cespe, a relação com os nomes dos aprovados será divulgada, provavelmente, no dia 13 de julho.

saiba mais

A UnB oferece 4.184 vagas em 96 cursos de graduação dos campi Darcy Ribeiro (Plano Piloto), Ceilândia, Gama e Planaltina. O curso mais concorrido é medicina, com 90,93 candidatos por vaga. Em seguida, estão engenharia civil (25,97), direito diurno (24,15), relações internacionais (17,43) e arquitetura e urbanismo (17,03).

Neste sábado, os candidatos responderam as provas de língua estrangeira, língua portuguesa, literatura, geografia, história, artes, filosofia e sociologia, além da prova de redação em língua portuguesa. O tema da redação foi: “Jovens de hoje: aprendizes da palavra e do silêncio”.  Ao elaborar o seu texto, o candidato deveria explicitar como a juventude atual lida com a palavra e com o silêncio na construção de seus valores e de sua identidade. Neste domingo, as candidatos vão fazer provas de biologia, física, química e matemática.

As provas deste fim de semana foram aplicadas em 623 salas de escolas do Distrito Federal, localizadas em Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, Sobradinho e Taguatinga, além de escolas em municípios do Goiás (Goiânia, Formosa, e Valparaíso) e de Minas Gerais (Uberlândia).