14out/210

Delinquentes vandalizam sede da Associação de Produtores de Soja em Brasília

O ato de banditismo deverá ser investigado pela Polícia Civil do DF

Edifício da Aprosoja é depredado por vândalos do grupo Via Campesina Brasil Foto: Reprodução

Um grupo de delinquentes usando indumentária e exibindo bandeiras do MST invadiu e vandalizou a Associação Brasileira de Produtores de Soja (Aprosoja), em Brasília. O ato próprio de marginais ocorreu na manhã desta quinta-feira (14).

De acordo com imagens que viralizaram, eles picharam a fachada e o interior do prédio, quebraram vidraças e jogaram carvão nos gramados da associação.

A ação delinquente foi liderada por uma suposta entidade autodenominada “Via Campesina Brasil”, um braço do MST.

Vídeos mostram que o edifício foi completamente vandalizado, as pichações se estendem desde a fachada, às paredes da recepção e corredores internos.

Quando chegaram ao local, de acordo com a Polícia Militar do DF, havia somente uma funcionária da limpeza no prédio. Ela precisou se esconder em um cômodo no fundo para se proteger da ação do grupo.

O grupo também publicou a ação em suas redes sociais, onde afirmou que a malfeitoria é “uma bela demonstração de como devemos tratar o Agronegócio”.

Diário do Poder
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn