28jul/120

Dilma nega ter dado orientações sobre alianças políticas ao PRB

Presidente do partido teria interpretado mal uma resposta durante evento em Londres

A presidente Dilma Rousseff admitiu nesta sexta-feira que conversou com o presidente do PRB, Marcos Pereira, em Londres, sobre alianças políticas nas eleições municipais este ano como revela a edição desta sexta-feira do jornal “Folha de S. Paulo”. Mas negou que tenha pedido para que a legenda não se aliasse à bancada de posição. Segundo ela, Marcos teria interpretado mal uma resposta que dera em tom de brincadeira.

O encontro ocorreu seis dias após o bispo ter jantado com o candidato à prefeitura de São Paulo, José Serra (PSDB) líder das pesquisas eleitorais em São Paulo, O partido disputa o cargo como Celso Russomano, que aparece em segundo lugar na preferência do eleitorado.

O encontro entre Dilma e o bispo Marcos Pereira, que coordena a campanha de Russomano, ocorreu na manhã de quinta-feira no Parque Olímpico durante uma visita aos estúdios da TV Record em Londres no centro de transmissões do evento.

- Nós não estávamos discutindo isso. Eu não faço nenhum pedido nesse sentido. Ele faz acordo com quem achar que deve. Foi Marcos quem introduziu a questão ao dizer que preferia fazer acordo com os partidos da minha base. Eu respondi: ótimo, não faça acordo com partido da oposição. E ri para ele. Mas foi uma conversa que eu diria absolutamente fora do contexto Uma brincadeira. Porque eu tenho que discutir quem faz aliança com quem? - disse Dilma

Na versão de Marcos publicada pela Folha, o dirigente afirmou que Dilma só poderia estar se referindo ao encontro com Serra. E que havia compreendido a mensagem

 

Fonte: O Globo