26jun/120

GDF emite nota sobre nome do Estádio Nacional

Nota à imprensa

Brasília, 26 de junho de 2012 - O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, sempre foi um defensor da manutenção do nome do grande craque do futebol Mané Garrincha na identificação do estádio. Em janeiro deste ano, ao lado do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, o governador, em visita ao canteiro de obras, reafirmou o nome da nova arena como Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

O governador do DF é solidário com a preocupação em garantir a homenagem a Mané Garrincha, tanto que, além do nome, anunciou em 2011 que a nova arena terá espaço especial para a instalação de um museu em homenagem ao craque, resgatando a memória e a história de um dos maiores jogadores de futebol da história.

Na avaliação do Governo do Distrito Federal, o nome do estádio com a homenagem a Mané Garrincha já estava contemplado por força do Decreto nº 32.302, de 4/10/2010, e da Lei nº 4.744, de 29/12/2011.

Por esse motivo, o Projeto de Lei 501/2011, encaminhado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), foi vetado em 5 de junho, como publicado no Diário Oficial do DF, já que o objetivo do Projeto de Lei já estava apreciado.

O Governo do Distrito Federal garante que não há qualquer objeção do Poder Executivo quanto ao nome do estádio, que traz justa homenagem e imortaliza esse craque do futebol brasileiro e mundial. E reafirma a garantia do nomeEstádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

 MOTIVOS DE VETO

O Projeto de Lei 501/2011 tem por objetivo fixar o nome do estádio de futebol em construção como Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha.

Atualmente, a denominação desse estádio, usada em documentos oficiais, já é Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, conforme pode ser visto no Decreto 32.302, de 4/10/2010, e na Lei 4.744, de 29/12/2011.

Não há, então, qualquer objeção do Poder Executivo quanto ao nome do estádio, que traz uma justa homenagem a esse craque do futebol brasileiro.

 

fonte: Agência Brasilia