28out/120

Mais de 3 mil pessoas participam da Corrida Ação pela Vida

Primeira corrida de rua realizada na EPTG reuniu atletas profissionais e corredores amadores para integrar população ao programa de Segurança Pública do DF. Governador e primeira-dama correram 5km

Agência Brasília, 28 de outubro de 2012 – A Estrada Parque Taguatinga (EPTG) foi tomada por atletas profissionais e corredores amadores na manhã deste domingo. Cerca de 3,5 mil brasilienses, inclusive crianças e idosos, participaram da primeira edição da Corrida Ação Pela Vida, promovida pelo Governo do Distrito Federal para celebrar o programa da área de Segurança Pública, desenvolvido com a participação ativa da sociedade. O governador Agnelo Queiroz e a primeira-dama, Ilza Queiroz, largaram no chamado batalhão de elite, que reúne os corredores profissionais, e fizeram o percurso de 5km.

“Essa foi a primeira corrida realizada na ETPG, que está agora fazendo história no DF. A intenção é que essa seja a primeira de várias, para aproximar a população dos esforços integrados de nossas forças de Segurança Pública que participam do programa. O Ação pela Vida mostrou um balanço positivo neste ano e também estamos comemorando isso hoje”, afirmou o governador...

“O objetivo é desenvolver um trabalho de governo em conjunto com a sociedade e comemorar a integração entre as forças”, acrescentou o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar. Ele também participou da corrida, assim como o chefe da Casa Militar, coronel Rogério Leão; o comandante-geral da PMDF, Suamy Santana; e o porta-voz do GDF, Ugo Braga.

Na atual gestão, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Departamento de Trânsito (Detran) trabalham de forma articulada para reduzir os índices de criminalidade no Distrito Federal. Como a integração é um dos diferenciais do Ação pela Vida, a Secretaria de Segurança decidiu realizar a primeira corrida do programa na maior via de ligação entre Taguatinga e o Plano Piloto.

Premiação – A corrida foi dividida em três categorias: 2km para crianças a partir de cinco anos; 5km e 10km para adultos – ambos sem limite de idade. Os participantes que fizeram inscrição prévia para o evento foram premiados: nas categorias adulto, os primeiros colocados em cada percurso receberam uma TV LED de 32 polegadas; os segundos colocados ganharam um netbook e os terceiros, um smarthphone. Foram sorteadas 20 bicicletas para as crianças inscritas.

Prêmio extra para os atletas profissionais: a Corrida Ação pela Vida valeu pontos no Ranking Nacional de Corridas de Rua. A expectativa do GDF é inserir o evento no calendário oficial do DF, realizando as próximas edições sempre no fim do mês de outubro ou início de novembro.

Durante toda a manhã, os participantes puderam visitar o estande Segurança Comunitária em Ação, onde estavam o ônibus do Museu das Drogas da Polícia Militar e equipamentos salva-vidas do Corpo de Bombeiros. No local, foi possível, ainda, aferir a pressão arterial. Os corredores aprovaram o evento.

“Além da atividade física, que é ótima para a saúde, o custo/benefício também chamou atenção. Foram apenas 5kg de alimento por pessoa para participar”, afirmou o autônomo Carlos Gomes, 40 anos. Ele participou com a mulher, Cecília Rafaella Ferreira, 30 anos, e a filha de seis. “Eu e meu marido já temos costume de correr, e não podíamos perder essa chance”, acrescentou Cecília Rafaella, que conquistou a terceira colocação no percurso feminino de 5km, levando para casa um novo celular.

OS VENCEDORES

Corrida 5km masculina 1º Sebastião de Oliveira Silva 2º Marcelo Martins 3º Silvestre de Carvalho
Corrida 5km feminina 1ª Jovelva Borges Pereira 2ª Ana Barbara Moreira 3ª Cecília Rafaella Ferreira

* A organização ainda confirma a lista de vencedores do percurso de 10km, que contou com grande participação de atletas a serem pontuados no Ranking Nacional de Corridas de Rua. A lista completa estará disponível na Agência Brasília: www.agenciabrasilia.df.gov.br