7jun/120

PM diz que cerca de 400 carros estão parados por falta de manutenção

Em Samambaia, veículos com 3 anos de uso estão inutilizados há 8 meses. Comandante-geral da PMDF promete solução dentro de 60 dias.

 Do G1 DF
 
 
 Cerca de 400 veículos da Polícia Militar do Distrito Federal estão parados dentro do pátio dos batalhões por falta de manutenção, de acordo com informações da própria corporação. No Batalhão da Polícia Rodoviária de Samambaia, dezenas de motos com três anos de uso estão inutilizadas há oito meses.

O comandante-geral da PMDF, coronel Suamy Santana, afirmou que desde que assumiu o cargo, há 2 meses, tem tentado agilizar as licitações para a manutenção dos carros e motos que estão sem rodar. Santana alega que o processo é demorado.

“Vamos buscar uma solução no prazo de 60 dias, no máximo, para que não haja problema maior futuro. Caso a licitação demore mais tempo do que o previsto, nós entraremos com pedido no Ministério Público para uma constratação emergencial”, declarou Santana.

O coronel Santana disse ainda que a falta desses carros nas ruas não está comprometendo a segurança da população. Segundo o comandante-geral, os veículos foram comprados não para reforçar o policiamento, mas para fazer um rodízio na frota.

De acordo com a PM, as viaturas paradas não podem rodar sem antes passar por uma revisão. A corporação informou que em caso de acidente, por exemplo, elas perderiam a garantia das montadoras e o governo teria que arcar com o conserto.

saiba mais

Samambaia

Enquanto a licitação não sai, moradores de Samambaia reclamam da falta de policiamento. A equipe do DFTV esteve na cidade na manhã desta quinta-feira (7) e não viu nenhum carro da polícia fazendo ronda.

O comerciante Afrânio Rocha, que já teve a loja arrombada, conta que os policiais têm dificuldade para atender as ocorrências. “A resposta do comando sempre é que há baixa quantidade de viaturas. A polícia realmente não está existindo na cidade”, disse Rocha.

De acordo com a Polícia Civil, nos primeiros três meses deste ano o número de roubo a comércio em Samambaia aumentou 32% em comparação com o mesmo período do ano passado.