13jun/120

Águas Lindas: Dizer não às drogas por meio do esporte

 O salão de múltiplas funções da Secretaria de Ação Social, Cidadania e Trabalho, no Setor 11, na manhã da sexta-feira, dia 01.06, ficou pequeno para receber os estudantes de oito escolas de Águas Lindas de Goiás que estavam sendo premiados por suas participações em modalidades esportivas do Projeto Juventude que, desde agosto do ano passado, vem sendo desenvolvido no município pelo 13º CRPM (Comando Regional de Polícia Militar).

 Com o objetivo principal de combater o uso e o tráfico de drogas ilícitas como o crack, maconha, merla, cocaína, oxi e outras por meio do esporte, o Projeto Juventude foi idealizado pelo Sargento Jefferson dos Santos, há 21 anos, na vizinha cidade goiana de Santo Antônio do Descoberto. Águas Lindas é a segunda cidade a abraçar a idéia da retirada de jovens em situação de risco da mira das drogas e dos traficantes. 

“O foco do projeto é fazer com que jovens, com idades entre 11 e 15 anos e em situação de risco tenham o tempo livre ocupado pelo esporte”, garantiu Jefferson. Segundo ele, a idéia é fazer com que os estudantes do projeto aproveitem o tempo livre e a energia acumulada para esportes como futebol, voleibol, queimadas e expressões artísticas e culturais. “Com o tempo ocupado, ninguém vai pensar em droga”, ressaltou o idealizador do projeto.

 No local, os atletas premiados estavam com todo o gás. A cada “ordem de comando” do instrutor Jefferson, todos eles, prontamente, respondiam. A alegria de todos por receber as premiações eram notadamente visíveis. “Eu estou muito feliz. Sempre quis jogar futebol. Quero ser um grande jogador”, declarou o estudante do 5º ano da Escola Municipal Zélia Cotrim do Jardim Pérola II, Tiago Oliveira Silva, 10 anos, depois que recebeu sua premiação das mãos do prefeito Geraldo Messias e das autoridades militares do local. Tiago, que joga como atacante, ajudou o seu time a ser o primeiro colocado na categoria fraldinha. A empolgação com a premiação não foi privilégio só de Tiago. Todos no local, que trocaram as ruas pelas quadras de esportes não cabiam em si de contentamento.

 “Não tenho dúvidas de que a premiação foi justa e merecida. Todos fizeram para receber suas medalhas. Quem sabe daqui não saia um Neymar?”, palpitou o prefeito Geraldo Messias.

 O Projeto – A primeira etapa do programa é a sua apresentação aos alunos. O sargento Jefferson, uma vez autorizado pela direção das escolas, sai de sala em sala explicando o que é o Projeto Juventude na tentativa de ganhar adesões dos estudantes. Na apresentação, o militar usa uma linguagem de fácil entendimento e vai direto ao fato do que são as drogas, os seus efeitos nocivos e os estragos que ela faz com o indivíduo e toda a sua família. Para que o projeto seja implantado na instituição é necessário que a direção da escola formalize o aceite por escrito à PM de Goiás (13º CRPM).

 Serviço:

Maiores informações sobre o Projeto

(61) 3613.7464

 

Texto: Afrânio Pedreira

Fotos: Beto Castanheiro