21jan/220

Eleições: Partidos querem candidatos testados nas urnas

A disputa eleitoral de 2022 poderá escrever capítulos inéditos na vida política de Brasília. Com a nova legislação os partidos só poderão lançar 25 nomes para Deputado distrital com isso trazendo responsabilidades dobradas para as legendas na formação de suas respectivas denominadas.

Em um cálculo real e de média cada candidato deverá ter no mínimo 2.560 votos se a legenda quiser sonhar com com uma vaga na Câmara Legislativa esse ano. Vale lembrar que o mais votado da legenda precisa ter no mínimo 10% do cooeficiente eleitoral para ser proclamado eleito na primeira rodada dos partidos que atingirem o cooeficiente.

Em resumo tem muita gente anunciando pré-candidatura de forma precoce e correm o risco de nem conseguirem se filiar.

Esperar para ver!

Redação

21jan/220

Bolsonaro anuncia PEC para zerar impostos federais e reduzir preço dos combustíveis

Porém, o ICMS (o maior de todos) ficou de fora por ser imposto estadual

Bomba de abastecimento em posto de combustíveis - Foto: Marcelo Camargo/ABr

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (20) que negocia a apresentação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para permitir a redução a zero da incidência de tributos federais sobre combustíveis.

Os alvos da redução seriam a contribuição do Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PIS/Pasep) e a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

“Nós temos uma PEC, que já está sendo negociada com a Câmara e o Senado, para termos a possibilidade de praticamente zerar os impostos dos combustíveis, o PIS e a Cofins”, afirmou durante sua live semanal nas redes sociais. O presidente faz visita oficial ao Suriname.

Segundo Bolsonaro, há um processo de inflação generalizada que não afeta apenas o Brasil. Em 2021, a gasolina acumulou aumentos de 47,49% e o etanol, de 62,23%, segundo o IBGE. Já o diesel teve alta de cerca de 47% no mesmo período. Diário do Poder

Além dos impostos federais, a comercialização de combustíveis também paga o Imposto sobre Circulação de Mercadorias.

Diário do Poder

21jan/220

Luto: Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bolsonaro estava internada desde a última segunda-feira (17)

Olinda Bolsonaro, mãe de Jair Bolsonaro, morre aos 94 anos na madrugada desta sexta-feira (21).

A mãe do presidente Jair Bolsonaro, Olinda Bolsonaro, morreu aos 94 anos no interior de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira (21). Ela estava internada no Hospital São João, localizado na cidade de Registro, desde a última segunda-feira. A causa na morte não foi divulgada.

O anúncio foi feito pelo presidente em suas redes sociais. “Com pesar o passamento da minha querida mãe. Que Deus a acolha em sua infinita bondade”, escreveu em sua conta no Twitter.

Jair cumpre agenda fora do país, chegando ontem (20) ao Suriname e seguiria à Guiana. A viagem duraria dois dias, mas Bolsonaro anunciou que prepara seu retorno ao Brasil para se despedir da mãe.

Diário do Poder