25maio/150

Acusada de matar namorada do ex é condenada a 12 anos de prisão no DF

Pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.Ela não aceitava o relacionamento do novo casal, diz MP.

Do G1 DF 

O Tribunal do Júri de Planaltina, no Distrito Federal, condenou uma mulher a 12 anos de prisão por matar a namorada do ex-marido. O julgamento ocorreu na sexta-feira (22). A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado. Ela pode recorrer da sentença em liberdade.

De acordo com o Ministério Público, o crime é considerado duplamente qualificado por ter motivo torpe e dissimulação. A acusada teria agido por não aceitar o relacionamento entre o ex e a vítima.

A defesa alegou o privilégio da violenta emoção, defendendo que a mulher agiu tomada por uma emoção forte e em um momento de instabilidade psíquica. Os jurados não a absolveram e negaram o privilégio, mantendo o mesmo entendimento do MP.