10set/120

Agnelo Queiroz é convidado aapresentar projeto na maior conferência mundial sobre sustentabilidade

Em carta, presidente da ONG que confere a certificação máxima em sustentabilidademanifestou vontade de levar até grandes líderes mundiais o projeto do EstádioNacional de Brasília Mané Garrincha

Agência Brasilia – O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, foi convidado a apresentaro projeto do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha no maior eventomundial sobre  construções sustentáveis. A proposta partiu dovice-presidente da ONG U.S. Green Building Council, Scot Horst, que confere oselo LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), certificação máximapara construções sustentáveis. O convite foi entregue ao governador em mãos,neste domingo (9), pelo arquiteto do estádio, Vicente Castro Mello, durante asegunda visita técnica realizada pela FIFA às obras da Ecoarena.

Esta carta significa que o GreenBuilding Council está acompanhando os esforços de Brasília para alcançar acertificação leed platinum e um reconhecimento ao empenho do governador Agnelona conquista desse feito inédito.

Na carta, Horst afirma que tem pensado “com frequência” no projeto da Ecoarenaque está sendo construída na capital do país e que “gostaria de lhe agradecerpessoalmente por sua busca da certificação LEED Platinum para o EstádioNacional de Brasília”. Para Scot Horst, o esforço colocará o estádio entre umapequena elite de projetos no mundo...

O vice-presidente da ONG também comemorou o fato de a legislação brasileirapermitir a troca de energia solar com a rede energética. “Esta é uma excelentenotícia”, reforçou. Horst destacou a importância de os “atributos ambientais”da energia verde gerada no estádio permanecerem com o edifício. Ele reafirma aconfiança no compromisso assumido pelo governador Agnelo Queiroz de que issoserá feito e, caso exista energia excedente, ela deve ser vendia a preço demercado.

Scot Horst encerra lembrando que U.S. Green Building Council está pronto paraapoiar líderes de construção verde, como o governador, e convida Agnelo Queiroza palestrar sobre o projeto de Brasília na Greenbuild – a maior reunião globalpara a construção sustentável e que acontecerá no mês de novembro, na cidade deSão Francisco, California (EUA).

O arquiteto Vicente Castro Mello enfatizou: “Esta carta significa que o GreenBuilding Council está acompanhando o esforço de Brasília para alcançar acertificação LEED Platinum. Ela é também um reconhecimento ao empenho dogovernador Agnelo na conquista desse feito inédito”.

 Leia a carta na íntegra:

Terça-feira, 4 de setembro de 2012

Exmo. Sr. Governador Agnelo Queiroz Gabinete do Governador do DistritoFederal Palácio do Buriti, T-9. Brasília-DF.

Brasil 70075-900

Caro Governador Agnelo Queiroz:

Foi um prazer conhecê-lo no anopassado em Brasília, e tenho pensado no senhor e seu projeto com frequência.

Gostaria de lhe agradecerpessoalmente por sua busca da certificação LEED Platinum para o EstádioNacional de Brasília. Um certificação deste nível demonstrará a tremendaliderança do senhor, e de sua equipe, e colocará o estádio entre uma pequenaelite de projetos no mundo.

Entendo que a legislaçãobrasileira permite agora o net-metering, a troca de energia solar com a redeenergética.  Esta é uma excelente notícia. O LEED não só apoia estesistema, mas o recomenda, como mecanismo flexível para aumentar a geração localde energia renovável e abordar a questão da variabilidade da energia produzidae a energia consumida por um edifício.

Esta flexibilidade éespecialmente importante para estádios, onde o sistema solar gerará energiasolar durante o dia e consumirá energia da rede principalmente durante à noite,para jogos e shows.

O LEED aceita o net-meteringcontanto que os "atributos ambientais" da energia verde geradapermaneça com o edifício.

Eu entendo que o estádio deBrasília irá manter estes atributos e será dono da energia solar gerada. Oexcedente de energia gerado durante o dia será trocado com a rede para depoisser consumida pelo estádio no mesmo valor de 01:01 (à preço de mercado). Oestádio não venderá sua energia solar para o mercado à um prêmio.

Entendo que a nova legislação brasileiralimita a injeção de energia solar na rede em até 1MW.  Esta quantidade éinferior à capacidade projetada do sistema solar (2,544 MW) que o senhorpretende colocar na cobertura do estádio.

O LEED AP do projeto, IanMcKee, me informou que de acordo com suas recentes reuniões com legisladores econsultores brasileiros, um veículo especial será criado para o estádio deBrasília, sob a mesma lei, que permitirá a geração solar de 2,544 MW e injeçãodesta energia na rede.

Acredito que sua equipe irá querercorroborar esta informação com o Governo para assim assegurar que todos osbenefícios ambientais criados pelo sistema solar serão aplicados à eficiênciaenergética do estádio.

Agradeço muito por consideraresta informação.

O potencial para a construçãointeligente e sustentável no Brasil é enorme.  O U.S. Green BuildingCouncil está pronto para apoiar líderes de construção verde como V.Excia no seupaís e em todo o mundo.

Em novembro, muitos desseslíderes participarão do Greenbuild – uma Conferência e Exposição Internacional,que este ano acontecerá em São Francisco, California.

Por favor, me informe se serápossível contar com vossa presença neste evento.

Caso seja possível eu gostariade oferecer ao senhor a oportunidade de palestrar sobre o seu projeto naconferência, que hoje é a maior reunião global para a construção sustentável.

Espero revê-lo, em breve,novamente no Brasil, e o convido a me visitar a qualquer momento para darmoscontinuidade a nossa colaboração.

Atenciosamente, Scot Horst SVP, LEED