24jul/120

Barrada, mulher de Cachoeira entrega carta de amor ao marido

 Andressa Mendonça, mulher do contraventor Carlinhos Cachoeira, não recebeu permissão para ver seu marido, nesta segunda-feira, na sede da Polícia Federal de Goiânia (GO).

Diante da recusa, Andressa foi autorizada a escrever um bilhete para o bicheiro. "Coisas de uma mulher para o marido. Nada de especial", disse, sem revelar o conteúdo da mensagem. Um fotógrafo local, contudo, teve acesso ao bilhete.

"Quero que você saiba que é um momento difícil das nossas vidas. Eu sei que o nosso amor é maior que qualquer dificuldade. Você tem uma mulher que te ama e nunca te despreza", dizia a mensagem. "Estou orando por ti", concluiu Andressa.

Cachoeira deixou o presídio da Papuda, em Brasília, e chegou durante a manhã à sede da Polícia Federal, onde prestará depoimentos nos próximos dias. Acusado de comandar um esquema de jogos ilegais em Goiás, Cachoeira deve acompanhar os depoimentos previstos para amanhã e quarta-feira. O bicheiro, segundo a PF, deve depor no último dia. Até lá, deve ficar detido na própria unidade da corporação. Informações do Terra