9set/120

Brasília é ouro nas Paralimpíadas de Londres

Antes de seguirem para Londres, o governador Agnelo Queiroz, recebeu os 15 atletas doDF que integram a delegação brasileira. Hoje (9), ele parabenizou a atleta Shirlene Coelho pela medalha na categoria lançamento de dardo

Brasília, 9 de setembro de 2012 – A paratleta goiana que integra a delegaçãodo Distrito Federal, Shirlene Coelho, conquistou neste sábado (8) medalha deouro no lançamento de dardo F37/38 nos Jogos Paralímpicos de Londres.  Além de ganhar uma medalha inédita para opaís, ela bateu o recorde mundial, com 37,86 metros.

O feito foi elogiado pelo governador do DistritoFederal, Agnelo Queiroz, que acompanha as competições e recebeu, em 8 deagosto, os 15 atletas do Distrito Federal que compõem a delegação brasileira.

"Estive com ela antes do embarque paraLondres. É uma felicidade muito grande para nós essa vitória, o reconhecimentodos nossos atletas é um estímulo para todos. É uma honra para Brasília estarrepresentada por essa atleta e por toda a delegação", ressaltou ogovernador. 

O governador sempre teve uma atuação marcante noincentivo aos paratletas. Segundo o presidente do Comitê ParalímpicoBrasileiro, Andrew Parsons, o incentivo do GDF é fundamental para odesenvolvimento dos atletas.  “O governoAgnelo trata da mesma forma todos os atletas, sem qualquer distinção. É umapolítica equilibrada que contempla aqueles que se dedicam a alguma modalidade”,afirmou.

Quando era deputado federal, Agnelo foi um dosautores da Lei nº 10.264/2001, conhecida como Lei Agnelo-Piva. O textodetermina o repasse de 2% da receita bruta das loterias para os comitêsParalímpico e Olímpico Brasileiro. Depois, quando assumiu o Ministério doEsporte, Agnelo Queiroz fez questão de acompanhar a delegação brasileira nasprincipais competições olímpicas e paraolímpicas.

A atleta que já havia alcançado recorde mundialpossui outros títulos como a prata em Pequim-2008 e o bicampeonatoparapan-americano (Rio-2007 e Guadalajara-2011). Shirlene espera defender seutítulo nas próximas Paralimpíadas, no Brasil, nos Jogos do Rio, em 2016. Agência Brasilia.