5out/150

Câmara Legislativa adere à campanha Outubro Rosa

Durante o mês de outubro, a Câmara Legislativa do Distrito Federal manifesta seu acolhimento ao Outubro Rosa iluminando-se com essa cor, como também o fazem inúmeros monumentos, prédios e locais históricos de diversos países, para chamar a atenção sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, o que mais mata mulheres em todo o mundo.

Ao trazer a campanha para dentro de sua sede, a Casa distribui aos cidadãos bottons, filipetas e cartilhas explicativas sobre os sinais da doença, o autoexame e a prevenção, entre outras orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Instituto Nacional de Câncer (INCA).  O laço rosa, um dos símbolos mundiais do movimento, está fixado nas portas das salas da Casa. Entre os dias 26 e 30 de outubro, o movimento se intensifica com a Semana Rosa sob o lema “Câncer de Mama – a detecção precoce eleva as chances de cura”. O coral da Associação Brasileira de Assistência às Pessoas com Câncer (ABRAPEC) fará uma apresentação no dia 26, em solenidade no plenário.

Sensibilização – Tendência mundial, as campanhas educativas, a cada ano, atingem mais pessoas em suas ações de sensibilização e conscientização coletivas sobre questões de saúde. Médico do trabalho há 21 anos, doutor Florêncio Sinzato destaca que as campanhas educativas de prevenção, a exemplo do Outubro Rosa, têm por meta diminuir o preconceito e rotinizar os exames. “Com a sensibilização, a eficácia das campanhas aumenta. Esta é a ideia do processo de conscientização e adesão”, afirma. Daí a importância, segundo ele, do envolvimento do poder legislativo nesse processo: “Ao participar dessas ações, a Câmara demonstra que não é um poder isolado, mas democrático, dando sentido ao que é: a casa do povo”.

 
Franci Moraes – Coordenadoria de Comunicação Social