28jul/120

Celso Russomanno é acusado de usar mandato para beneficiar empresário

FotoO candidato a prefeito de São Paulo pelo PRB, Celso Russomanno, está sendo acusado de ter usado o mandato de deputado federal para beneficiar o empresário Laerte Codonho, preso por crime contra a ordem tributária.

 Laerte hoje é sócio de Russomanno, dono da marca de refrigerantes Dolly. Além disso, Laerte doou R$250 mil ao candidato na campanha eleitoral de 2010, quando ele disputou o governo de São Paulo.

 Também patrocinou o Programa Celso Russomanno, exibido pela TV Gazeta entre 2006 e 2008, com a marca Guaraná Dolly. Em 2004, quando Russomano foi deputado, ele apresentou à Comissão de Defesa do Consumidor da Casa um requerimento que pedia investigação contra a concorrência “desleal” da Coca-Cola contra a Dolly. Codonho foi protagonista de uma guerra contra a Coca-Cola e chegou a acusá-la de querer “quebrar” sua empresa Dolly fazendo pressão em fornecedores e distribuidores.

 

fonte: Blogdoclaudiohumberto