12set/130

CLDF: Transporte público pauta pronunciamentos

CLDF: Transporte público pauta pronunciamentos  Foto: CLDF

 

A sessão ordinária desta quarta-feira (11) começou com a discussão de diversos temas pelos deputados distritais. Agaciel Maia (PTC) lembrou os 53 anos do Hospital de Base do DF e, ainda na tribuna, aproveitou para comentar uma pesquisa realizada pelo DFTrans para verificar a opinião da população sobre o transporte público do DF. "A pesquisa mostra que o povo não aprova o sistema.

Mais de 10 mil pessoas declararam insatisfação e apontaram defeitos nos veículos novos, mau comportamento de motoristas e cobradores, atrasos, superlotação e permanência da frota antiga em circulação como principais problemas. Algo precisa ser feito para melhorar essa situação", afirmou.

O deputado Chico Vigilante (PT) comemorou a sanção e regulamentação da Lei nº 4.336/2013, de sua autoria, que cria mecanismos para garantir o pagamento de direitos trabalhistas a empregados de empresas prestadoras de serviço em órgãos públicos do DF. "Essa lei vai impedir que esses trabalhadores sejam lesados pela dissolução de empresas, ficando sem receber seus direitos. Aproveito para solicitar que o presidente da Câmara Legislativa, Wasny de Roure, edite um decreto semelhante para os terceirizados desta Casa", reivindicou.

A deputada Arlete Sampaio (PT) fez referência ao Dia do Cerrado, observando que "embora seja o segundo maior bioma brasileiro, já está com mais de 55% de seu território descaracterizado". Arlete ressaltou a importância da Proposta de Emenda Constitucional nº 504/2010, em tramitação no Congresso Nacional, que transforma o cerrado em patrimônio da humanidade. Informações CLDF.

Da redação
Redacao@guardiannoticias.com.br