13jul/120

Criança baleada na cabeça morre no DF após 5 dias internada em hospital

Família disse que morte cerebral ocorreu durante esta madrugada. Polícia diz que autor dos tiros está foragido, pois as investigações estão paradas.

 Do G1 DF

A menina de 1 ano e 11 meses baleada na cabeça no último sábado (7) em Santo Antônio do Descoberto (GO), região no Entorno do Distrito Federal, não resistiu aos ferimentos e faleceu na madrugada desta sexta-feira (13) no Hospital de Base, em Brasília.

 Ela foi ferida após uma briga entre dois homens em um bar da cidade. Segundo a família, ainda não foi definido se os órgãos da criança serão doados.

A tia da criança, Gisélia Acioli, disse ao G1 que a família está "muito abalada" e a morte cerebral foi confirmada durante a madrugada, mas não soube precisar a hora.

 "A família ainda não decidiu onde vai ser o velório, pois há questões que devem ser resolvidas. Pelo que me disseram, o corpo ainda deve seguir para o IML [Instituto de Medicina Legal], pois se trata de homicídio", disse Gisélia.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde e aguarda retorno.

saiba mais

Segundo testemunhas, foram pelo menos cinco disparos. Um dos tiros atingiu a nuca da menina. A avó da criança e dona do comércio, Maria do Socorro Ferreira, afirma ter visto tudo. "Eu só peguei ela e gritei. Saí desesperada pedindo ajuda", contou. (veja vídeo)

A Delegacia de Policia de Santo Antônio informou ao G1 que o homem que atirou na criança continua foragido. Segundo o Centro Integrado de Operações Especiais (Ciops), todas as investigações estão paradas em razão da greve dos policiais que começou na quarta (11).

"Estamos começando as primeiras diligências para tentar localizá-lo. Vamos ouvir algumas testemunhas que estavam no local e descobrir o que aconteceu", disse o delegado Felipe Socha na segunda-feira (9).