3set/130

Deputados empurram cassação de deputado para semana que vem

Apesar de jogo de cena, deputados empurram cassação de Raad com a barriga

raad
 
Deputado Raad pousa para foto em Veneza, na Itália, terra da pizza

Por:  

É forte o aroma de pizza nos corredores da Câmara Legislativa. O jogo de cena de alguns distritais em anunciar que levariam ao plenário ainda nesta terça-feira (3) votação que decide o futuro político do deputado Raad Massouh (PPL) esbarrou nos preceitos legais. Antes de ser votada, a recomendação da Comissão de Constituição e Justiça precisa ser lida em plenário e publicada em Diário Oficial da Casa, o que não aconteceu. Agora, a votação vai ser empurrada para o próximo dia 11, isto é, se os distritais cumprirem a promessa de ler o parecer da cassação amanhã (4), no plenário.

Na votação da CCJ, pela manhã, os deputados Chico Leite (PT), Robério Negreiros (PMDB) e Eliana Pedrosa (PSD) seguiram o parecer do relatório Cláudio Abrantes (PT) em favor da perda de mandato político de Raad Massouh.

Já o também acusado de desvio de dinheiro público, Aylton Gomes (PR), preferiu se abster de votar. Raad Massouh é acusado acusado de desviar R$ 100 mil de emendas parlamentares de shows em Sobradinho. Se o teatro deixar e os distritais decidirem, enfim, votar sobre o futuro de Raad, na quarta-feira da semana que vem, serão necessários 13 dos 23 votos para que o deputado perda o mandato político.

 

fonte: blogdoclaudiohumberto