28ago/120

Eleições escolares contaram com participação efetiva da comunidade

Das 649 instituições, somente em 22 haveránova escolha da direção

Brasília, 27 de agosto de 2012 – Aseleições escolares registraram 1,2 milhões de votos nas 649 escolas da redepública que tiveram candidatos inscritos. Ao todo, 240 mil eleitores, entrepais, alunos, professores e servidores, foram às urnas para escolher diretores,vice-diretores e conselheiros escolares. Os dados foram divulgados pelaSecretaria de Educação nesta segunda-feira (27).

Osecretário de Educação, Denilson Bento da Costa, acompanhado da secretária-adjunta,Maria Luiza Fonseca, revelou que todas as instituições de ensino atingiram oquórum necessário para a eleição da gestão, de 50% mais um voto. “Tivemos umprocesso eleitoral com participação efetiva de alunos, pais, professores eservidores. A última gestão compartilhada realizada no DF contou com 12 milvotos”, destacou o secretário.

Das eleiçõesnas 649 escolas – 97% da rede – quatro foram canceladas por problemasidentificados pelas comissões eleitorais locais. Nas Escolas Classe 06 do Guaráe 108 de Samambaia, no Centro de Ensino Fundamental 02 da Estrutural e noCentro Educacional 123 de Samambaia, houve a constatação de situações irregularescomo pedidos de votos e presença de candidatos durante a apuração. Para essescasos, haverá prazo de 180 dias para nova eleição. O mesmo acontecerá em 18instituições onde ninguém se candidatou aos cargos de diretores evice-diretores.

Emquatro unidades de ensino, o pleito foi invalidado porque a maioria dosvotantes rejeitou a única chapa candidata. O episódio ocorreu nos Centros deEnsino Fundamental 02 do Guará e 17 de Taguatinga, na Escola Classe 06 deBrazlândia e no Centro de Educação Infantil 01 do Paranoá. Nesses casos, ogoverno fará as nomeações. “Nós indicamos os substitutos após discutir asopções com as escolas. Temos a sensibilidade necessária para escolher um novodiretor, mas nosso desejo é que a comunidade escolha”, afirmou o secretário deEducação.

Amanhão resultado final com os nomes dos eleitos democraticamente estará disponívelno site da Secretaria de Educação, que encerrou o prazo para envio de recursosàs 18h de hoje, com menos de 20 solicitações. A lista oficial dos eleitos serádivulgada nesta quarta-feira.

Capacitação dos gestores – Osdiretores, vice-diretores e conselheiros escolares serão encaminhados paranomeação e posse coletiva no dia 10 de setembro. Na data também será realizadaa aula inaugural de um curso sobre noções de gestão administrativa efinanceira, ministrada pelo secretário de Educação. O curso terá carga horáriade 180 horas.

Oobjetivo é capacitar os gestores para o cumprimento eficiente do Plano deTrabalho apresentado à comunidade escolar. “A meta é melhorar o desempenho nãoapenas do ponto de vista pedagógico, mas também administrativo e financeiro”,explicou Denilson Bento da Costa.

O cursovai ajudar na gestão de verbas liberadas pelo governo por meio do Programa deDescentralização Administrativa e Financeira (PDAF), que dá mais autonomia eindependência nas ações e projetos pedagógicos. Para este ano, está prevista aliberação de R$ 40 milhões para as escolas. A portaria que amplia os valores eas possibilidades de investimentos será divulgada na semana que vem.

Ocurso de formação auxiliará, ainda, no uso de ferramentas tecnológicas deplanejamento estratégico. O chamado PDE Interativo, do Ministério da Educação, permitea avaliação de todos os indicadores das escolas, como Índice de Desenvolvimentoda Educação Básica (Ideb), aprovação, reprovação e condições materiais. Agência Brasilia.