30jun/120

Encontro debate políticas públicas para o DF

O governador Agnelo Queiroz estimulou secretários e membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF a estabelecer novas estratégias para o legado dos grandes eventos como as copas do Mundo e das Confederações

Click to enlarge image FOTO_ROBERTO_BARROSO_1.JPGClick to enlarge image FOTO_ROBERTO_BARROSO_1.JPG
Brasília, 29 de junho de 2012 – Transformar grandes eventos esportivos como a Copa das Confederações e a Copa do Mundo, em oportunidades para estimular o desenvolvimento social e econômico da capital do país. Esta foi a ideia apresentada, hoje, pelo governador Agnelo Queiroz no quarto encontro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF (CDES-DF), também conhecido como Conselhão. O evento reuniu 80 conselheiros e secretários de Estado.

“Vamos traçar uma estratégia de desenvolvimento que aproveitará essa exposição, mas que ao mesmo tempo tenha condições de dotar o DF de um belo legado para o nosso povo como um transporte público de qualidade, um aeroporto ampliado, uma arena multiuso para shows, congressos e grandes eventos, além de uma rede hoteleira melhor instalada”, detalhou Agnelo Queiroz, que é presidente do CDES.

“É o momento da nossa cidade e, para este sucesso ser absoluto, precisamos de uma ação muito articulada do Conselhão, que terá papel decisivo”, completou.

Na área da Saúde, Agnelo Queiroz, que abriu o evento, destacou ações governamentais de sucesso. “Um exemplo prático é o Hospital da Criança de Brasília José Alencar, que trata crianças com câncer e outras doenças graves. Em parceria com a Abrace [Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias], mostramos que iniciativas entre o poder público e entidades não governamentais podem ser bem sucedidas. Hoje, atendemos 4 mil crianças por mês”, destacou o governador. O hospital começou a funcionar em novembro do ano passado.

Grupos de Trabalho – Além do debate de políticas públicas, o encontro teve apresentação dos relatórios dos quatro Grupos de Trabalho (GTs) do Conselhão, que se reúnem mensalmente para discutir os temas Saúde, Transporte, Educação e Desenvolvimento Econômico e Combate às Desigualdades Sociais.

O Conselho - Criado no dia 23 de novembro de 2011, por meio do decreto nº 33.359, o Conselhão é formado por 80 conselheiros, 19 secretários e quatro presidentes de empresas públicas. Seu objetivo é fortalecer a gestão democrática por meio do debate entre representantes do governo e da sociedade civil das políticas públicas.

Além do governador, a mesa de debates reuniu o secretário de Governo Gustavo Ponce, também secretário-executivo do Conselho, a presidenta da Associação Comercial do DF, Danielle Moreira, o coordenador-geral da Central Única das Favelas do DF, Max Maciel, e o cientista político-consultor e membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, Murilo de Aragão. Empresários e representantes de movimentos sociais também participaram do encontro, ocorrido no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

 

fonte: Agência Brasilia