7set/120

Festa da Independência reúne 40 mil na Esplanada

Eventofoi organizado pelo GDF, pelo Ministério da Defesa e pela Secretaria deComunicação da Presidência da República

Brasília, 7 de setembro de 2012 – O governador do Distrito Federal, AgneloQueiroz, foi, pela segunda vez, um dos anfitriões da festa pelo Dia daIndependência na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, ao lado da presidentaDilma Rousseff e do ministro da Defesa, Celso Amorim. A Polícia Militar do DF(PMDF) estimou em 40 mil pessoas o público que acompanhou o percurso de 2km poronde desfilaram estudantes e militares.

A presidenta chegoupouco antes das 9h da manhã, em carro aberto, e recebeu as boas-vindas dogovernador Agnelo Queiroz e do ministro Celso Amorim. Em seguida, ela passou emrevista as tropas e autorizou o início do desfile.

“Ver a Esplanada lotadae participar deste momento é algo de grande emoção e reafirma o meu compromissocom a nossa capital da República, que tenho a responsabilidade de governar.Esta capital é de todos os brasileiros, e vemos bem isso nesta data em que aEsplanada esteve cheia de brasilienses, mas também de brasileiros de todos oscantos do país, reunidos para ver o desfile”, destacou o governador AgneloQueiroz.

Ele também ressaltou arelevância das conquistas sociais e o sentimento de patriotismo. “É um diaimportante para manifestarmos nosso patriotismo. Nós, brasileiros, temos muitoo que comemorar nesta data com os avanços sociais conquistados nos governosLula e agora no da nossa presidenta Dilma”, avaliou Agnelo Queiroz.

Foi exatamente opatriotismo que levou à Esplanada o jardineiro Lorival Carvalho, de 63 anos.Desde que se mudou do Piauí para o DF, há 30 anos, ele evita perder acomemoração. “Participo muito mais da festa da Independência do que doaniversário de Brasília. Venho quase todos os anos. Sou muito patriota: umnordestino que ama Brasília”, afirmou.

Já o motoristaSebastião Messias, de 58 anos, também mora no DF há três décadas e hoje foiassistir pela primeira vez ao desfile. “Adorei a Guarda Presidencial. Assistirpela televisão é muito diferente do que estar aqui ao vivo acompanhando tudo”,disse o motorista que estava acompanhado pelo neto Johnatan Davi. “Gosto de veros aviões. Da outra vez quem me trouxe foi minha avó”, contou o menino.

Este ano o tema dafesta foi “Brasil, um país de oportunidades”. A festa começou com a judocaSarah Menezes, que conquistou no fim de julho, em Londres, o primeiro ouroolímpico feminino na modalidade. Ela carregou o fogo simbólico até a frente dopalanque das autoridades e foi muito aplaudida.

A parada cívico-militardurou duas horas e contou com a participação de escolas do DF, Polícia Federal,militares da Aeronáutica, do Exército e da Marinha, Corpo de Bombeiros Militardo DF, entre outros. O comandante da PMDF, coronel Suamy Santana, desfilou àfrente de sua corporação. A festa foi encerrada pela Esquadrilha da Fumaça, queexecutou suas tradicionais manobras.

A infraestrutura do eventocontou com arquibancadas cobertas para o público, tribunas para autoridades econvidados, sistema de som ao longo de todo o percurso, três telões e dezenasde banheiros químicos.

A primeira-dama do DF,Ilza Queiroz, e autoridades do primeiro escalão do Governo do Distrito Federale do governo federal prestigiaram a festa organizada pelo GDF, pelo Ministérioda Defesa e pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República.