28jun/120

Fifa e Comitê Organizador da Copa visitam Estádio Nacional

 Governador Agnelo Queiroz recepcionou a comitiva formada ainda pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e por integrantes do Comitê Organizador da Copa do Mundo 2014. Entre eles, estavam os ex-jogadores Ronaldo Nazário e Bebeto, que compararam a Ecoarena a estádios europeus

Brasília, 28 de junho de 2012 – O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha recebeu, na manhã desta quinta-feira, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, integrantes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o secretário-geral, Jérôme Valcke, e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo, entre eles os ex-jogadores da Seleção Brasileira de Futebol, Ronaldo Nazário e Bebeto. Recepcionados pelo governador Agnelo Queiroz junto com a comitiva, os craques compararam a Ecoarena, que está com 60% das obras concluídas, a famosos estádios europeus, como o Santiago Bernabéu, do Real Madri, e Camp Nou, do Barcelona.

“Este estádio maravilhoso impressiona. Comentei com o governador que daqui a gente olha a arquibancada bem alta e isso é imponente demais. Lembra muito os estádios europeus onde já joguei, como o do Barcelona e o do Real Madri”, destacou o ex-atacante Ronaldo. “O GDF está de parabéns por esta obra fantástica, que dá pra ver que está indo muito bem. Parabéns aos operários pelo empenho e entusiasmo de tocar esta obra pra frente”, completou.

Bebeto concordou com os elogios. “O estádio é especial mesmo. Parece realmente com os de lá fora. E a gente fica feliz porque está aqui no nosso país”, disse. “Não tive esta felicidade, como jogador, de disputar uma Copa do Mundo aqui, mas como membro do COL é uma alegria imensa. A Copa das Confederações vai ser o início de tudo e vamos mostrar que somos capazes de realizar grandes eventos em nosso país.”

Esclarecimento – O governador Agnelo Queiroz ressaltou, durante a visita, que não houve mudança no nome da Ecoarena, que é oficialmente chamada de Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha desde a concepção do projeto. “Nunca houve polêmica do nome. Assim como temos o Teatro Nacional Claudio Santoro, temos também o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, que homenageia esse grande craque e ídolo do futebol brasileiro”, salientou.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, na terceira visita que fez ao estádio este ano, elogiou o cumprimento de prazos e a celeridade da obra. “A visita, mais uma vez, comprova o cumprimento do calendário e confirma nossa convicção de que será uma obra à altura da capital do país, dos seus desafios, da sua ousadia”, analisou. “O governador Agnelo Queiroz, os engenheiros e os operários que estão à frente desta obra estão de parabéns.”

Cronograma – O grupo assistiu a uma apresentação técnica com dados sobre a obra e cronograma da construção, que ficará pronta em dezembro. “O estádio vai ficar pronto no prazo devido. As comissões da Fifa e do COL  estão impressionadas com o estágio de construção e isso só nos dá ânimo para continuarmos com esse esforço”, destacou o governador. “Sabemos da responsabilidade que significa a abertura da Copa das Confederações. Será o nosso cartão de visitas e vai mostrar a contribuição da capital do Brasil e do GDF para o esforço nacional de fazer a melhor Copa do Mundo”, completou.

Depois da apresentação técnica, o grupo seguiu para a obra, onde foi recepcionado por centenas de operários animados com a presença dos ídolos Ronaldo e Bebeto.

Os craques arriscaram alguns chutes ao gol instalado na área do gramado e foram seguidos pelo ministro Aldo Rebelo, pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, e pelo o presidente do COL, José Maria Marin.

 fonte: Agência Brasilia