2set/130

Frente de oposição

13mar2013---o-governador-de-pernambuco-e-presidente-nacional-do-psb-eduardo-campos-a-esq-conversa-com-o-senador-aecio-neves-psdb-mg-em-reuniao-no-congresso-nacional-entre-governadores-de-23-1363201607065_1920x1080

O encontro entre os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB-MG) e Eduardo Campos (PSB-PE) na residência do governador pernambucano, ficou definido que no segundo turno das eleições em 2014 o derrotado irá apoiar o vitorioso contra a presidente Dilma Rousseff.

Eduardo na sua estratégia, conta com o tucano José Serra atrapalhando Aécio em uma eventual disputa contra Dilma. Aécio já espera que a candidatura de Eduardo Campos não decole, mas o que está desenhado é que a rejeição de Eduardo Campos é bem menor do que a de Aécio, que carrega o carimbo do PSDB, derrotado nas eleições passadas.

O encontro também deixou claro que Aécio pretende montar uma frente de oposição à reeleição de Dilma e está preparando palanque em todos os estados.

 

fonte: Quidnovi