19jul/120

Governador em exercício faz vistoria na DF-150

Obra será inaugurada em até 20 dias e beneficiará moradores do Grande Colorado, Sobradinho I e II e Fercal. Aproximadamente 20 mil veículos trafegam por dia na via

 O governador em exercício, Tadeu Filippelli, fez uma vistoria técnica na DF-150, na manhã desta quinta-feira, com o objetivo de verificar a fase final da obra que inclui três complexos de viadutos, duplicação e restauração da via. A construção foi iniciada na gestão anterior e retomada no atual governo, que a encontrou totalmente paralisada.

 Ao todo, 14km serão entregues à população até a primeira semana de agosto. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), 20 mil veículos circulam pela DF-150 diariamente.
“Estamos na reta final. É inquestionável a importância desta obra devido ao fluxo de veículos na região. Esta foi mais uma das obras que encontramos totalmente paralisada e que entregaremos para a população”, destacou Tadeu Filippelli. “Concluiremos a obra nos próximos 15 dias, quando o governador Agnelo Queiroz fará a entrega para a população do Distrito Federal.”

 A DF-150 teve 7km de pistas duplicadas e 7km de restauração e alargamento, incluindo a construção de novas faixas de rolamento, três complexos de viadutos – que compreendem alças de acessibilidade–, ciclovia, defensas, iluminação, drenagem, plantio de grama, além de toda a sinalização horizontal e vertical.

A maior parte da obra já foi concluída e está em funcionamento. Resta apenas a finalização do complexo de viaduto do Grande Colorado, que será inaugurado nos próximos dias.

 O GDF investiu R$68 milhões na obra, sendo R$ 21 milhões da atual gestão. Os 14km construídos ligam o balão do Colorado à Fercal. As novas instalações da via beneficiarão, principalmente, os moradores do Grande Colorado e de Sobradinho I e II, além de facilitar o escoamento da produção das usinas de concreto instaladas na Fercal.

 “Ficou uma bela obra, totalmente sinalizada, iluminada, com proteção entre as pistas para evitar colisão frontal e rampas para acessibilidade”, destacou o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem, Fauzi Nacfur Júnior.

“Nós implantamos novos pontos de ônibus, com baias e pontos de travessia para pedestres, em lugares adequados, já que antes o embarque e o desembarque de passageiros era feito de qualquer forma, ao longo da via, sem obedecer a critério algum, principalmente de segurança para os usuários”, completou Tadeu Filippelli.

fonte: Agência Brasilia