24set/120

Governo do DF pede que o Supremo declare ilegal a greve de policiais civis

O governo do Distrito ingressou com ação no Supremo Tribunal Federal pedindo que seja cassada a liminar do Tribunal de Justiça do DF que determinou o retorno de 80% do efetivo da Polícia Civil, em greve desde 23 de agosto, mas que não considerou a greve ilegal. O governo do DF cosidera que o TJ desrespeita o entendimento do Supremo.

Em 2011, o ministro aposentado do STF Cezar Peluso reconheceu a ilegalidade da greve organizada pelo Sindicato dos Policiais Civis. Os policiais civis em greve há 31 dias pedem reestruturação da carreira e reajuste salarial de 28%, valor equivalente à inflação acumulada entre 2006 e 2012. Os policiaiscivis do DF são os mais bem pagos do País: recebem exatamente os mesmo valores pagos aos servidores da Polícia Federal.

fonte: blogdoclaudiohumberto