9set/120

Haddad cobra que Fernando Henrique cite mensalão do PSDB

O candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, cobrou neste domingo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que cite também o mensalão mineiro na propaganda eleitoral do candidato do PSDB, José Serra. Neste fim de semana, o ex-presidente tucano estreou na campanha em São Paulo e citou o escândalo do mensalão, deflagrado em 2005, no horário eleitoral gratuito. Segundo o ex-ministro petista, como ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso deveria ter uma postura republicana e citar também o escândalo político que envolveu membros do PSDB em Minas Gerais.

- Ele deveria ter citado o (mensalão) do PSDB também. Como ex-presidente ele precisa ter uma postura republicana. E ele sabe onde começou isso, em Minas gerais, com o partido dele - provocou o candidato do PT após carreata na Zona Norte da capital paulista.

O candidato do PT acusou ainda o seu adversário do PRB, Celso Russomanno, de dar a eleição municipal como encerrada antes da hora. O ex-ministro petista criticou o fato do seu concorrente usar o horário eleitoral gratuito para agradecer o seu desempenho nas pesquisas eleitorais. A última pesquisa de intenção de voto do Datafolha, divulgada na semana passada, mostrou Celso Russomanno com 35% das intenções de voto, José Serra com 21% e Fernando Haddad com 16%.

- Eu vejo às vezes a propaganda eleitoral e, não quero citar nomes, mas tem gente que em vez de usar o tempo de televisão para as propostas, está agradecendo o desempenho nas pesquisas de intenção de voto. Não é hora, neste momento, de comemorar um resultado que ainda não chegou, como se a eleição já tivesse acabado - disse Haddad.Informações de O Globo