22jun/120

Infraestrutura e comodidade para os moradores de Ceilândia e Samambaia

 
Infraestrutura e comodidade para os moradores de Ceilândia e Samambaia

 

Governador Agnelo Queiroz inaugurou a DF-459, que liga as duas regiões, e uma agência do Banco de Brasília no P Sul. A obra de infraestrutura foi retomada e concluída pela atual gestão

A manhã desta sexta-feira (22) foi marcada pela entrega de obras importantes às populações de Ceilândia e de Samambaia. O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, acompanhado da primeira-dama, Ilza Queiroz, abriu sua agenda com a inauguração da rodovia DF-459, que liga as duas regiões e reduz o percurso em 12km.

A estrada, totalmente pavimentada e sinalizada, contou com investimento de aproximadamente R$ 35 milhões. "Este é mais um compromisso selado, de uma reivindicação histórica da comunidade. A rodovia era um elefante branco, mas, com determinação, entregamos esta grande estrutura, que vai proporcionar mais qualidade de vida e desenvolvimento econômico para as regiões", ressaltou o governador, ao lado do vice-governador Tadeu Filippelli.

Iniciada em 2007, a construção da via foi interrompida em 2009 por determinação do Tribunal de Contas do Distrito Federal. Somente em janeiro deste ano, quatro meses após a liberação do Tribunal, as obras foram retomadas. O novo trecho é composto por 2,6km de extensão e uma ponte de 110 metros de comprimento, situada sobre o Ribeirão Taguatinga.

Além de facilitar o trânsito no local, a rodovia conta com obras complementares que garantem a segurança e a mobilidade urbana, segundo o secretário de Transporte, José Walter Vasquez. "Inauguramos uma obra completa, no padrão que a comunidade merece. Trata-se de uma pista sinalizada, com toda a segurança necessária", destacou. "A via permitirá a geração de novas linhas de ônibus que atendam às demandas da população", completou Vasquez.

Nova agência bancária – Após o lançamento oficial da rodovia DF-459, o governador seguiu para o setor P Sul, em Ceilândia, e inaugurou a 105ª agência do Banco de Brasília. Agnelo Queiroz caminhou ao lado da população até o novo ponto de atendimento.

No caminho, o governador passou por obras entregues em sua gestão, como ciclovias e um Ponto de Encontro Comunitário (PEC). Ao chegar à agência, Agnelo Queiroz enfatizou a importância do serviço para os 80 mil moradores da região. "A agência é uma conquista, pois valoriza a região, facilita o acesso ao BRB e incrementa a economia local. Ceilândia precisava desse dinamismo", afirmou.

Para o presidente do Banco de Brasília, Jacques Pena, a entrega da agência demonstra o crescimento do BRB. "Sabemos da expressividade da população de Ceilândia e queremos atendê-la melhor. Vamos desenvolver ainda mais a capacidade do banco por meio do apoio do governo e um trabalho contínuo com servidores, empresários e comerciantes", avaliou.

Qualidade no atendimento – A agência P Sul fica na Quadra 01, Conjunto C, Lote 24, ADE Centro-Norte, e conta com servidores capacitados, remanejados de outras agências. De acordo com o gerente geral Elson Corrêa, o novo ponto vai ampliar os atendimentos e desafogar a demanda em Taguatinga, Ceilândia Centro e Ceilândia Sul.

"A agência está situada em uma área de desenvolvimento econômico e vai atender a moradores da ADE, do setor P Sul, do Condomínio Pôr do Sol, além de clientes de Samambaia e produtores rurais de Ceilândia", disse o gerente, destacando, ainda, a comodidade do amplo estacionamento e das instalações.

A copeira Alice Jesus da Silva, de 53 anos, acompanhou os dois eventos e aprovou o trabalho do governo. "Cada coisa que vejo ser inaugurada é uma evolução para o DF. A população de Ceilândia merecia uma agência do BRB, pois antes precisava se deslocar. Já a ponte ficou muito bonita e será uma mão na roda", elogiou Alice.

Sobre o BRB – O Banco de Brasília possui 104 unidades de atendimento convencional, 763 terminais de serviços eletrônicos, além de 198 lojas do BRB Conveniência – rede de Correspondentes Não Bancários instalada em sistema de parceria com empresas do Distrito Federal. Além disso, possui mais de 45 mil terminais de autoatendimento em sistema de parceria com outras instituições bancárias e que estão espalhadas no Brasil e no mundo.

Com uma rede ampla e capilarizada, o BRB processa mais de 1 milhão de transações num dia de pico, oferecendo serviços personalizados e eficientes aos seus clientes e à sociedade brasiliense, promovendo a inclusão bancária nas regiões administrativas de todo DF.

 

fonte: Agência Brasilia