11out/150

Lira realiza sessão solene para estreitar laços entre Brasília e Guiné Equatorial

LIRA

O deputado distrital Lira (PHS) realiza, na próxima terça-feira (13), sessão solene em homenagem aos 47 anos de independência da Guiné Equatorial. O evento acontece às 10h, no plenário da Câmara Legislativa.

A solenidade será, também, um momento para ressaltar o decênio dos afrodescendentes, proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU), cujo objetivo é aumentar a conscientização das sociedades no mundo quanto ao combate ao preconceito, à intolerância, à xenofobia e ao racismo.

A sessão solene será, ainda, uma forma do parlamentar aproximar Brasília e Malabo - capital da Guiné Equatorial – comercialmente e politicamente, estreitando laços para o intercâmbio e consolidação de tratados futuros.

Na ocasião, será anunciado o apoio das embaixadas africanas ao Fórum em Defesa e Manutenção das Tradições e Manifestações das Religiões de Matriz Africana, e a Semana da Guiné Equatorial em Brasília. Haverá, ainda, uma exposição de arte guineense. Todos os quadros  e esculturas fazem parte do acervo pessoal do embaixador Benigno-Pedro Matute Tang.

Foram convidados representantes do Ministério das Relações Exteriores; Ministério da Cultura; Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República; Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República; Secretaria das Relações Institucionais da Presidência da República; ONU; Unesco; Unicef; Fundação Cultural Palmares; Secretaria Nacional de Juventude; Fibra; CNI; Fecomércio; Secretaria de Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF; Secretaria de Trabalho do DF; Secretaria de Cultura do DF; Subsecretaria de Relações do Trabalho e do Terceiro Setor do DF; Casa Civil do DF; Subsecretaria de Movimentos Populares e Participação Popular do DF.

História - A Guiné Equatorial foi primeiramente ocupada pelos portugueses, em 1471. E, em 1778, os espanhóis iniciaram a colonização. A independência só foi obtida no dia 12 de outubro de 1968.

Economia - Com a descoberta de reservas de petróleo e gás, na década de 1990, a economia da Guiné Equatorial se fortaleceu consideravelmente. O país tornou-se grande produtor e exportador de petróleo. O estado africano é rico, também, em pedras preciosas.

fonte: Ascom Dep. Lira