6set/130

Morre o líder religioso Raul de Xangô

  

Morreu na noite desta quarta-feira (4/9) Raul Lenício Trindade de Araújo, 82, líder religioso respeitado no Distrito Federal. Raul de Xangô, como era conhecido, nasceu em Natal (RN), chegou a Brasília em 1967.

Pai de santo conhecido, Raul dedicou a vida aos trabalhos do candomblé (religião afro-brasileira). O primeiro de terreiro de Raul no DF foi no Núcleo Bandeirante. Depois, mudou-se para o Paranoá e atualmente atendia os filhos de santo no núcleo rual próximo ao Lago Norte.

Segundo relatos de pessoas próximas, o terreiro era reservado a amigos. Porém, os trabalhos de Raul de Xangô não se limitavam à religião. Ele também era músico, compositor, poeta e escritor. Chegou a publicar três livros: “1994 – O Ano do Cão” , “Ori Axé – Cabeça Feita” e “Tarô, o Baralho dos Deuses”.

Foi dono de ateliê que vendia produtos ligados à cultura religiosa afrodescendente e participou de filmes – entre eles um documentário biográfico. Data e hora do velório ainda não foram confirmadas. Informações do Correio Braziliense.