2jun/120

Mubarak é condenado à prisão perpétua

Foto: Reuters
FotoO ex-ditador do Egito Hosni Mubarak foi sentenciado neste sábado (02) à prisão perpétua, como cúmplice da morte de 850 manifestantes na Revolução Egípcia de 2011. 

Aos 84 anos e após três décadas governando o Egito, Mubarak é o primeiro entre os líderes afetados pela Primavera Árabe a ser julgado em seu país. Ele ouviu seu veredicto com uma expressão séria, em uma maca hospitalar e usando óculos escuros. 

No lado de fora da corte, opositores de Mubarak e parentes de pessoas mortas durante o levante antirregime comemoravam a condenação do ex-presidente, ainda que alguns estivessem defendendo a pena de morte para o réu. 

Houve confrontos entre opositores, policiais e simpatizantes de Mubarak nos arredores da corte. A Justiça egípcia também condenou o ex-ministro do Interior Habib al-Adly à prisão perpétua por participação na morte de manifestantes antirregime pelas forças de segurança do país.

 

fonte: blogdoclaudiohumberto