24ago/130

‘Não sou candidato a nada’, diz Joaquim Barbosa ao ‘NYT’

Ministro minimiza briga com Lewandowski, a quem acusou de fazer ‘chicana’ 

TNYTimes-Barbosa-24ago2013

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou em entrevista ao correspondente do “The New York Times” no Brasil, Simon Romero, que não é candidato a presidente da República em 2014. “Não sou candidato a nada”, garantiu.

A reportagem foi publicada na seção “Saturday Profile” (“Perfil de Sábado”) neste sábado (24), com o título: “A Blunt Chief Justice Unafraid to Upset Brazil’s Status Quo” (Um chefe de Justiça sem medo de aborrecer o status quo do Brasil).

“Quando o presidente do tribunal, Joaquim Barbosa, adentra a Corte, os outros dez ministros se preparam para o que pode vir depois”, diz o texto. “Eu tenho um temperamento que não se adapta bem à política”, declarou Barbosa ao jornalista do “NYT”.

O texto cita decisões recentes do STF, como a de aumentar o número de estudantes negros e indígenas em universidades, e fala sobre a influência de Barbosa na legalização do casamento de pessoas do mesmo sexo em todo o país, além de seu comando do julgamento do Mensalão.

A reportagem cita ainda que Joaquim Barbosa está tão popular que colunistas sociais estão acompanhando seu suposto romance com uma mulher com cerca de 20 anos de idade. A reportagem informa que Barbosa foi alvo de denúncias como recebimento em dinheiro de licenças-prêmios não gozadas do Ministério Público Federal e compra de um apartamento em Miami por meio de uma empresa aberta supostamente para pagar menos impostos. Barbosa alega que não fez nada de errado em ambas as situações.

Sobre a discussão com Ricardo Lewandowski, a quem o presidente do STF acusou de fazer “chicana” no julgamento do mensalão, Barbosa disse que “alguma tensão é necessária para que a Corte funcione”. “Sempre foi assim”, reiterou.

 

fonte: blogdoclaudiohumberto