15jul/120

Caixa de Pandora: Falhas beneficiam Arruda

O colunista Wilson Silvestre (Jornal Opção, Goiânia) informa que bastou a simples menção de que o ex-governador José Ro­berto Arruda (sem partido), po­deria disputar o governo do DF novamente para que as estruturas do Palácio do Buriti tremessem. “Arruda não volta nunca mais para a vida pública”, esbravejou Agnelo para auxiliares próximos. De fato, existe um pouco de lenda urbana nessas especulações. Arruda não foi julgado e, se for condenado, a lei barraria sua pretensão de disputar o governo novamente. O temor dos petistas não é Arruda ser candidato, mas, sim, não ser condenado. Livre, Arruda pode fazer um estrago enorme na gestão petista.

 Um graduado petista disse ao Jornal Opção que “anda muito confusa a situação do PT no DF”. O partido pode sofrer uma dissidência e rachar de vez e aí qualquer um pode ejetar Agnelo da cadeira do Buriti em 2014, principalmente se Arruda ficar livre. A ordem dada ao PT é para manter a calma e a unidade. A ideia é seguirem todos juntos contra o retorno do passado. Este é o lema para os ideólogos da estrela vermelha.

 Por enquanto, segundo nota do jornalista Eduardo Brito no “Jornal de Brasília”, “com excelentes números que lhe favorecem, Arruda já iniciou uma série de contatos com empresários, políticos, jornalistas e lideranças eclesiásticas no sentido de reconstruir — mais uma vez — sua tumultuada carreira política. (...) Arruda está confiante de que sairá ileso da Caixa de Pandora e que poderá disputar as eleições de 2014”.

 

fonte: estaçãodanoticia