12jul/120

Para advogado de Demóstenes,decisão será outra no Judiciário

Orlando Brito
FotoO advogado de defesa do senador cassado Demóstenes Torres (sem partido – GO), Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, afirmou com exclusividade a esta Coluna que “não tinha nenhum elemento que justificasse” a cassação do parlamentar.

Segundo ele, todo o jogo técnico que poderia ser feito foi realizado para evitar a perda do mandato, mas, desde o início, ele já sabia que a decisão seria dos senadores.

 “Nós fizemos o jogo técnico que podíamos fazer, com algumas pinceladas de política porque o Senado é uma Casa política. Mas, desde o ínicio eu sabia que era uma decisão dos senadores, mas achei que não tinha nenhum elemento que justificasse [a cassação]”, afirmou.

Para ele, não cabe nenhum tipo de recurso contra a decisão do Senado e o próximo passo será tentar anular as provas contra Demóstenes no Supremo Tribunal Federal (STF). “O Senado é soberano e não cabe mais recurso. Essa é a regra democrática, onde a maioria ganha”, lamentou.

Porém, Kakay ressalta que, no Judiciário, a decisão será outra, já que Torres “foi investigado de forma cruel e inconstitucional”. “Eu tenho convicção que o STF será favorável ao senador”, disse.

“Na tribuna ele [o Demóstenes] foi muito cruel com os outros parlamentares, então pesou o pessoal. Mas não posso criticar os senadores”, completou.

 

fonte: blogdoclaudiohumberto