5jun/120

Paulo Tadeu e Geraldo Magela voltam para a Câmara dos Deputados

 

Os secretários de Governo, Paulo Tadeu, e de Habitação, Geraldo Magela, voltam à Câmara dos Deputados a partir desta terça-feira (5/06) para reforçar a base de apoio ao governador Agnelo Queiroz (PT) no Congresso Nacional.

Na semana que vem, o petista vai falar à CPI de Cachoeira. O apoio que Agnelo não teve para evitar a convocação que o pegou de surpresa, agora espera reunir em favor de sua participação na sessão do próximo dia 13.

O retorno dos dois deputados federais a seus postos de origem no Legislativo será publicado no Diário Oficial do DF de hoje. E a previsão é de que fiquem licenciados do Executivo até, pelo menos, o segundo semestre.

Com a volta de Magela e de Paulo Tadeu para os mandatos, Augusto Carvalho (PPS) e o presidente do PT no DF, Roberto Policarpo, perdem os cargos de deputado.

No terceiro mandato na Câmara dos Deputados (além de outros dois como distrital), Magela é considerado um político com experiência parlamentar. Na legislatura passada, foi o relator-geral do orçamento. Ele é considerado um nome forte para as articulações em defesa de Agnelo e dos assuntos do DF.

Paulo Tadeu, por sua vez, tem a função da articulação política. É um escudeiro do governador e um filiado com história no PT-DF.

A CPI de Cachoeira é um dos objetivos de Magela e Paulo Tadeu na temporada que devem passar no Congresso. O outro é participar dos debates da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que definirá a fatia de verbas da União para os projetos e programas no Distrito Federal.

 

Fonte: Blog da Lilian Tahan