3set/130

Polícia Civil prende quadrilha e recupera carros roubados no Piauí

Na operação, foram detidas 13 pessoas e veículos apreendidos serão devolvidos aos donos

Polícia Civil prende quadrilha e recupera carros roubados no Piauí

  Ailane Silva, da Agência Brasília 

A Polícia Civil do DF anunciou, hoje, a prisão de 13 integrantes de uma quadrilha que roubava e furtava carros no DF e os vendia, com documentação e chassi adulterados, em cidades do interior do Piauí. 

"Com a prisão dos criminosos -dos quais nove eram do DF ou entorno e quatro do Piau- conseguimos recuperar 29 veículos que serão devolvidos aos seus respectivos proprietários", destacou o delegado-chefe de Roubo e Furtos de Veículos, José Eduardo Galvão. 

Segundo ele, as prisões foram executadas nos dois estados e todos os 29 carros recuperados estarão em Brasília até a próxima semana - depois de identificada a real origem, os automóveis serão devolvidos aos donos. 

As investigações, denominadas operação "Fausto", duraram cerca de 10 meses e apontam que a quadrilha, liderada por Damião Torres de Leite, atuava há pelo menos um ano com o roubo de veículos, em sua maioria, modelo Fiat Strada, que eram comercializados em Baixa Grande do Ribeiro (PI) e Bertolinea (PI).... 

"Era muito fácil vender os carros nesses locais. Além dos compradores acreditarem que os documentos eram legais, os receptadores moravam no Piauí, o que aumentava a confiança de quem queria fechar o negócio", complementou o delegado. 

De acordo com ele, pelo menos dois integrantes do DF participavam dos roubos e furtos, enquanto o restante da quadrilha local atuava com a adulteração dos sinais identificadores do carro, como placas e chassis, e também na confecção de documentos falsos e transporte dos veículos até o destino final. 

PRESOS – Os integrantes da quadrilha foram presos entre os dias 26 e 28 de agosto, nas cidade de Luziânia (GO), Baixa Grande do Ribeiro (PI), Bertolinea (PI) e Taguatinga (DF). 

No DF e Entorno foram presos Damião Torres Leita (Cata Boa); Henrique de Sousa de Figueiredo; José Carlos Teixeira; Lázaro Glenio Pereira Alves; Francimá Fernandes França; Marcos Vinícius Silva dos Santos (conhecido como Coelho). 

Além disso, estão na lista Adriane de Sousa Santos (presa e liberada porque era apenas usuária da conta bancária da quadrilha); Carlos Henrique Martins Pinheiro (tido como Carlinhos); e Kaique Canuto Lacerda. 

Nas cidades do Piauí, foram detidos os receptadores de veículos Júlio César Pereira de Sousa; Joselito Alves de Melo (apelidado de "Doido"); Arenaldo Joaquim Sousa;e Anailton Carlos Cavalcante de Carvalho.