10jun/120

Polícia prende suspeitos de matar segurança de restaurante da Asa Sul

Dois funcionários foram atacados na sexta com faca de açougueiro. Segundo delegada, ex-funcionário demitido desferiu facadas por vingança.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu, na madrugada deste sábado (9), dois homens suspeitos de ter participado do crime que resultou na morte de um segurança de um restaurante da 107 Sul. Um dos presos é ex-funcionário do local e teria cometido o crime por vingança, segundo a polícia.

Na madrugada de sexta-feira (8), um operador de caixa e um segurança do restaurante foram atacados com faca de açougueiro quando saíam do estabelecimento. O segurança, de 53 anos, morreu no hospital depois de  levar pelo menos quatro facadas. A outra vítima foi ferida no rosto e internada no hospital.

De acordo com a delegada-chefe da 1ª Delegacia de Polícia, Mabel Corrêa, o autor das facadas trabalhou por cerca de dois meses no restarurante e teria como alvo o operador de caixa. Segundo o depoimento do suspeito à polícia, os dois tinham desavenças que teriam causado a sua demissão.

"Eles não foram até lá para roubar, embora o autor das facadas tenha usado isso como artifício para conseguir o apoio de seu comparsa", afirmou. "A motivação do crime é uma vingança. O autor das facadas acabou matando um outro que não era o alvo dele, mas que estava obstruindo a sua passagem para dentro do restaurante", disse Mabel.

A delegada informou que a idade dos suspeitos é 22 e 24 anos. Segundo ela, apenas o ex-funcionário do restaurante teria desferdo as facadas. Os dois vão responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe (vingança) e com impedimento de defesa da vítima.

Cada um dos suspeitos pode pegar pena entre 12 e 30 anos de prisão. Segundo a delegada, o comparsa pode ter redução entre um e dois terços da pena, por não ter desferido as facadas.

 

fonte: Portal G1 DF