22jul/130

Preso suspeito de assassinar policial militar em Planaltina

     Preso suspeito de assassinar policial militar em Planaltina Foto: Brito

Em menos de 24 horas de investigação Grupo Tático Operacional do Batalhão localizou bando suspeito pelo crime - indiciado pode pegar até 20 anos de prisão por outros delitos 

Leandro Cipriano, da Agência 

A Polícia Militar do Distrito Federal prendeu hoje, em menos de 24horas de investigação, dois suspeitos pela morte do policial militar Sérgio Batista de Oliveira neste domingo (21), no Arapoanga, região de Planaltina.

“A atuação do Grupo Tático Operacional do Batalhão de Planaltina foi determinante para efetivar a prisão desse pessoal, fora o trabalho em conjunto feita pela inteligência da Polícia Militar”, afirmou o Tenente Coronel Agrício da Silva, comandante do 1.º Batalhão da PM, onde a vítima trabalhava.

Entre os suspeitos, apenas Ian Gabriel, de 20 anos, é maior de idade e como tem passagem na polícia por roubo, tráfico e homicídio seguido de roubo (latrocínio) poderá cumprir até 20 anos de prisão.

Segundo o comandante Agrício, além dos dois suspeitos, duas menores de idade, namoradas deles, também foram apreendidas por estarem no momento do crime e serão levadas à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).....

Há suspeita que mais outros dois menores de idade estiveram presentes e até o momento estão foragidos, ressaltou o comandante.

A Polícia Militar informou que a investigação continuará, dessa vez com uso de cães farejadores, para encontrar os demais suspeitos e a arma do policial roubada durante o crime.

ASSALTO - Durante um assalto em Planaltina, no domingo, o policial militar Sérgio Batista de Oliveira reagiu e acabou alvejado por dois tiros dentro do próprio carro, no momento em que seguia, fardado, para o trabalho.

Ele deu entrada no Hospital Regional de Planaltina às 7h, foi operado, mas antes de ser removido para a UTI sofreu uma parada cardíaca e morreu.

O velório do policial será amanhã (23), às 15h, no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.