6nov/120

Primeira-dama visita Centro de Equoterapia da PM

 Terapia que utiliza cavalos no tratamento de pessoas com deficiência atende gratuitamente cerca de 150 crianças

Primeira-dama visita Centro de Equoterapia da PMA primeira-dama, Ilza Queiroz, visitou, na manhã desta segunda-feira (5), o Regimento de Polícia Montada da Polícia Militar do DF (RPMon). Acompanhada pelo comandante-geral da corporação, coronel Suamy Santana, e pelo comandante da unidade, tenente-coronel Joelcio Francisco Urtiga, Ilza Queiroz conheceu o Centro de Equoterapia da PMDF. O espaço utiliza cavalos no tratamento gratuito oferecido a cerca de 150 crianças com necessidades especiais.

Na ocasião, os oficiais solicitaram à primeira-dama apoio para construção dos boxes de internação para os cavalos, ampliação do Centro de Terapia e reforma de toda a unidade que existe há 30 anos. “Esse trabalho voluntário é essencial para o aumento da qualidade de vida das crianças e a interação social. O GDF apoia essa e não medirá esforços para ampliar e reformar a unidade”, ressaltou Ilza Queiroz.

Civis, militares e seus dependentes interessados no tratamento, que tem lista de espera com cerca de 300 pessoas, podem procurar o quartel do RPMon. A unidade fica na Granja Modelo, Riacho Fundo I. “Todos sabemos que a terapia é de alto custo, e a maioria da comunidade não tem como pagar. Por isso, a corporação faz questão de manter e ampliar cada vez mais esse trabalho”, explica o capitão Rander.

Já o comandante-geral da PMDF, coronel Suamy Santana, elogiou a participação da Caixa Beneficente da Polícia Militar (Cabe). “Ela proporcionou as condições necessárias para oferecer um trabalho de tamanha magnitude”, avalia Suamy Santana. O comandante-geral da PMDF fez referência ao Termo de Cooperação Técnica assinado no início de 2011 entre a Cabe e a Associação do Planalto de Equoterapia Amigos do Cavalo (Apeac). O acordo permitiu a contratação de profissionais civis especializados, como fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e pedagogos, e possibilitou o atendimento de mais pessoas.

Também estiveram no Centro de Equoterapia presentes a subcomandante da PMDF, coronel Vanusa de Oliveira Almeida, e o presidente da Cabe, coronel Gilberto Alves de Carvalho.

Tratamento - A Equoterapia, oferecida pela PMDF desde 1993, é um método terapêutico e educacional interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação. A terapia busca o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiência. O centro da PMDF já finalizou o tratamento de cem pacientes. "Minha filha melhorou muito a parte motora e o comportamento desde que iniciou o tratamento", relatou Laudenice Santos, mãe de Ana Luiza, que se trata há um ano.

A terapia emprega o cavalo como agente promotor de ganhos físicos, psicológicos e educacionais. Essa atividade exige a participação do corpo inteiro. Assim, ela contribui para o desenvolvimento da força, tônus muscular, flexibilidade, relaxamento, conscientização do próprio corpo e aperfeiçoamento da coordenação motora e do equilíbrio.

A interação com o cavalo, incluindo os primeiros contatos, o ato de montar e o manuseio final desenvolvem novas formas de socialização, autoconfiança e autoestima.

Foto: Tenente-coronel Edson Xavier