21ago/130

Raad mais próximo da cassação

"Parlamentar tem que ser julgado pelo conselho de ética," deputado Patricio  

Raad Massouh (primeiro a esquerda) durante a sessão da Comissão de Ética da Câmara Legislativa

  A Comissão de Ética da Câmara Legislativa decidiu nesta quarta-feira (21) dar andamento ao processo disciplinar contra o deputado distrital Raad Massouh (PPL), acusado de desviar R$ 100 mil em emendas parlamentares.

Por 4 votos a favor 1 abstenção os integrantes da Comissão de Ética seguiram o parecer do relator Joe Valle (PSB), que entendeu ter havido quebra de decoro por parte do parlamentar.

A sessão começou com atraso e permaneceu lotada até o fim da votação. Raad Massouh acompanhou a leitura do relatório, bem como o posicionamento de cada distrital.

Com a decisão do Conselho de Ética, o processo contra Raad Massouh segue para o plenário. Ainda não há data prevista para a votação, que será nominal e aberta. 

Fonte: Edson Sombra