15jun/120

Reforço na Educação do GDF

Governador Agnelo Queiroz deu posse a mais de 300 servidores da área nesta sexta-feira e anunciou a convocação de mais 860


Brasília, 15 de junho de 2012 – O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, deu posse nesta sexta-feira a 338 servidores para a Educação e anunciou a convocação de mais 500 professores e 360 assistentes. Eles substituirão os profissionais que têm contratos temporários e aposentados. ”Os 860 profissionais irão se apresentar imediatamente. A convocação sai na próxima edição do Diário Oficial do DF”, detalhou o governador.

Os 305 professores e 33 técnicos e analistas empossados foram aprovados em concursos realizados em 2009 e 2010. Os profissionais de magistério atuarão em todos os níveis de ensino, especialmente na educação básica. Eles darão aulas também nas escolas técnicas de Taguatinga, Planaltina, Ceilândia, Gama e na Escola de Música. Atualmente, o Distrito Federal conta com cinco unidades que oferecem cursos de formação técnica.

O governador ressaltou que está em andamento um projeto, em parceria com o governo federal, para a ampliação do número das escolas técnicas no Distrito Federal. “Já temos cinco funcionando e, ao todo, serão 16 escolas técnicas até o final de 2013”, assegurou Agnelo Queiroz.

A recuperação física das escolas foi outro ponto destacado pelo governador. “Um mutirão de reforma das escolas que estavam em piores condições foi feito em 2011. Pretendemos recuperar mais 300 escolas para entregar, em 2014, toda a rede recuperada. Só este ano foram 50 mil alunos novos matriculados, isso demonstra o fortalecimento e a credibilidade da rede pública”, apontou o governador.

Curso de formação – Antes de chegarem às salas de aula, os professores contratados passam por um curso de formação realizado pela Secretaria de Educação. Ele oferece orientações pedagógicas, administrativas, além de informações sobre direitos e deveres. De acordo com o secretário Denilson Costa, o procedimento é uma inovação. “É algo nunca feito antes e que tem um resultado importantíssimo. É o acolhimento e a valorização desses novos profissionais”, disse.

Prioridade – A Educação é uma das prioridades do Governo do Distrito Federal. Desde o início desta gestão, foram convocados 700 professores, 130 técnicos educacionais e 44 analistas educacionais, em um total de 874 profissionais nomeados para a Educação.

O governo realizará também a convocação de profissionais de carreira para que ocupem funções nas áreas administrativas.

Números da Secretaria de Educação:

28 mil profissionais do magistério na ativa

15 mil profissionais aposentados

13 mil funcionários de escola na ativa

13 mil funcionários da escola aposentados

650 escolas públicas