22jun/150

Reprovação do governo de Dilma Rousseff chega a 65%

O governo da presidente Dilma Rousseff encerra o primeiro semestre com avaliação ruim ou péssima por 65% do eleitorado. Os dados foram divulgados ontem pelo Datafolha. É um novo recorde da série do instituto desde o início do primeiro mandato da chefe do Executivo Federal.

A taxa de reprovação é a mais próxima que um presidente da República já teve, quando 68% dos eleitores consideraram ruim ou péssimo o governo de Fernando Collor de Mello, em setembro de 1992, dias antes de seu impeachment.

Os dados foram apurados nos últimos dias 17 e 18. De acordo com o levantamento, apenas 10% dos brasileiros classificaram o governo de Dilma Rousseff como bom ou ótimo. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Eleições 2018

Caso as eleições presidenciais de 2018 fossem realizadas hoje, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), seria eleito.  Segundo pesquisa divulgada neste sábado (20) pelo Instituto Datafolha, o tucano teria 35% das intenções de voto, 10 pontos percentuais a mais que o segundo colocado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ex-senadora Marina Silva (PSB) aparece na terceira posição com 18% das intenções de voto.

fonte: estaçãodanoticia