19out/120

Sono a mais

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/files/2012/08/Joaquim-Barbosa1.jpg

Joaquim Barbosa confidenciou a interlocutores que não vai alterar sua forma habitual de trabalhar, por isso não pedirá a prisão dos mensaleiros antes da publicação do acórdão do julgamento do mensalão.

Com isso, afasta-se a possibilidade da turma de condenados ser presa já na semana que vem, quando o julgamento deve chegar ao fim.

 

 

Por Lauro Jardim

Fonte: Radar Online / Veja