2out/120

Verdades e mentiras da política do DF

1 – Uma previsão parece bem factível para o quadro eleitoral de 2014: o senador Cristovam Buarque (PDT) tentará ser candidato à presidência da República, caso o PDT concorde.  Se houver uma reposta negativa do partido, Cristovam tentará disputar a sucessão de Agnelo Queiroz no DF.

2 – O deputado federal Reguffe (PDT) marcou para março do próximo ano o prazo para decidir que caminho tomará na política do DF. Todos os dias o parlamentar recebe apelos de aliados para que dispute o Palácio do Buriti em 2014.

  3 – O governador Agnelo Queiroz “liberou” o deputado distrital Wellington Luiz (PPL) para trabalhar para o Sinpol e pelagreve dos policiais civis do DF. O parlamentar perdeu quase todos os cargos que tinha no GDF, a partir do administrador do Varjão, Hélio Chagas, demitido na segunda-feira. Wellington Luiz está livre para procurar um novo caminho.

 4 - O ex-governador José Roberto Arruda não será candidato a nada nas eleições de 2014. Ele sabe que não tem qualquer chance. 5 – O Tribunal de Contas do DF está barrando o contrato de manutenção para as viaturas da PM. Resultado: centenas de carros estragados estão parados no pátio da corporação.

6 – O presidente da Câmara Legislativa do DF, Patrício, sonha em conseguir ser o herdeiro dos votos do ex-deputado federal Paulo Tadeu, hoje confortavelmente instalado no TCDF.

7 – O polêmico deputado distrital Olair Francisco (PTdoB) nunca pensou em renunciar o mandato. Só não quer mais ler gibi.

8 – O PMDB-DF está “casado” com o “novo caminho do PT, mas sente uma saudade das grandes transformações de Joaquim Roriz e da legalidade de José Roberto Arruda”.

9 – Os aliados do presidente da OAB-DF, Francisco Caputto, estão apostando na sua reeleição e já planejam lançá-lo candidato a deputado federal nas eleições de 2014.

10 – O secretário de Habitação e deputado federal licenciado, Geraldo Magela (PT), trabalha para eleger o seu adjunto Rafael Carlos de Oliveira para deputado distrital em 2014. Para a difícil missão contaria com o apoio das cooperativas habitacionais do DF.

  11 – O ex-governador Joaquim Roriz (sem partido) está trabalhando muito nas eleições do Entorno, juntamente com suafilha a deputada distrital Liliane Roriz (PSD).  Nos últimos dias Roriz participou de comícios em Cristalina, Luziânia e Planaltina de Goiás.

12 – O policial militar João Dias prepara uma nova investida contra o agora conselheiro do Tribunal de Contas do DF, Paulo Tadeu. Dizem que o PM teria documentos e fitas. Aguardemos...

13 – Pessoas ligadas à oposição preparam um minucioso dossiê contra um advogado amigo do governador Agnelo Queiroz. Resta saber se existem provas verdadeiras.

14 – Até aliados do senador Rodrigo Rollemberg (PSB) já andam dizendo que a deputada distrital Liliane (PSD), filha do ex-governador Joaquim Roriz, seria uma excelente companheira de chapa do senador. Aguardemos. 15 – O governador Agnelo Queiroz (PT) começou a trabalhar para a sua reeleição. A largada foi dada com a colocação Paulo Tadeu no TCDF. E um detalhe: contou com todos os votos da chamada oposição. 

16 – O PSD deve eleger prefeitos em grandes cidades do Entorno, tipo Luziânia e Cristalina etc.

17 – O presidente da Câmara Legislativa, Patrício, não da qualquer sinal de que já está prestes a pagar as dívidas com os veículos de comunicação. Dos R$ 26 milhões de verba, apenas R$ 19,317 milhões estão empenhados para pagamento. Salvo engano, Patrício pagou até agora apenas R$ 144,8 mil.

 18 – O corrupto Valdemar Costa Neto convocou uma coletiva para hoje. Diz no texto distribuído que vai quebrar o silêncio.Só tomou tal decisão depois de condenado. Muito estranho.

 19 – Gim Argelo é um camarada de sorte. O mandato de senador caiu no seu colo sem ter recebido um só voto em função da renúncia de Joaquim Roriz. Agora, o sortudo senador pode ganhar a direção do PTB com a condenação de Roberto Jefferson.

20 – O empresário Eduardo Pedrosa ganhou liminar na justiça para que a sua chapa “Resgatando a paixão pelo futebol do Distrito Federal” possa disputar a eleição para a Federação Brasiliense de Futebol. A votação será na próxima quinta-feira.

21 - Singapura é o novo caminho dos negócios.

fonte: estaçãodanoticia